Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 22 DE MAIO DE 2017
28 de JUNHO de 2016 | Fonte: Dourados News

Dourados mantém índice estável na geração de emprego

Dourados se mantém estável no ano na geração de emprego (Foto: Arquivo/ Dourados News)

Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo MTPS (Ministério do Trabalho e Previdência Social) apontam que Dourados se manteve estável entre janeiro e maio deste ano, em relação a contratações e demissões. Nesse período, foram admitidos ao todo 9.473 trabalhadores contra 9.470 demissões, restando assim saldo positivo de 3.

 

Já o mês de maio mostra o contrário, sendo mais pessoas demitidas que contratadas, com saldo negativo de 26. No período foram 1.871 admissões contra 1.897 demissões.

 

Os setores que mais admitiram nesse mês foram a Agropecuária, Extração Vegetal; Caça e Pesca com saldo positivo de 15 vagas. A Construção Civil conta com 138 admissões e 126 demissões gerando um saldo de positivo de 12. No setor de Serviços Industrial de Utilidade Pública foram oito trabalhadores contratados contra dois demitidos com isso gerou saldo positivo de 6.

 

Já o comércio um dos setores que anteriormente era visto como o que mais contratava em maio conta com 563 admissões contra 569 demissões gerando um saldo de 6, a indústria Extrativa Mineral soma apenas uma admissão e não consta demissões no setor; Indústria de transformação gerou 334 admissões contra 337 demissões com saldo negativo de 3.

 

Já no setor serviços são 749 admissões contra 800 demissões gerando um saldo negativo de 51.

 

No Estado e país

 

Em Mato Grosso do Sul entre janeiro e maio o saldo é positivo de 2.629, já que mais contratou em vez de demitir. Foram 99.214 mil contratações contra 96.585 mil demissões, sendo 2.629 pessoas empregadas em vários setores durante os cinco meses.

 

Em maio, o Estado teve mais contratações que demissões, foram 18.577 contra 18.015 pessoas que ficaram desempregadas, diante dos números 562 trabalhadores foram contratados em maio.

 

Já o país, os dados apontam que teve um saldo negativo de 458.511 demissões. Foram 6.325.106 de pessoas admitidas no período contra 6.783.617 de trabalhadores que foram desligados do emprego por algum motivo em todos os setores.



Untitled Document
Últimas Notícias
Cursilho Naviraí promove Feijoada dia 02 de Julho no Salão Paroquial
Comissão aprova redução de pena para preso com deficiência
Caminhão boiadeiro carregado com 20 animais tomba em Naviraí
Untitled Document