Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2024
15 de SETEMBRO de 2023 | Fonte: Campo Grande News

Preso em MS, bandido que mandou decapitar rival foge da polícia

O ex-integrante da facção criminosa Comando Vermelho e acusado de ordenar a decapitação de um rival em Lucas do Rio Verde (MT), Maikel Pereira dos Santos, 28, conseguiu fugir de policiais civis durante a realização do exame de corpo de delito no Imol (Instituto Médico e Odontologia Legal) de Dourados, cidade situada a 251 quilômetros da Capital, no fim da tarde desta quinta-feira (14).

 

De acordo com a nota enviada à imprensa, os civis da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) iniciavam procedimentos de praxe para o recâmbio de oito presos até a Penitenciária Estadual de Dourados quando Maikel conseguiu se soltar das algemas e empreendeu fuga pulando o muro do órgão público.

 

Desde então, todas as diligências possíveis estão sendo realizadas para a recaptura do foragido. A reportagem ressalta que o Imol é localizado na Avenida Coronel Ponciano, região bem próxima da BR-163.

 

Vale ressaltar que, mais cedo, o juiz da 1ª Vara Criminal Alessandro Leite Pereira decretou a prisão preventiva de Maikel, que foi foi localizado pelo Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado) e pela Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) na Rua Vinte e Nove, 45, no Bairro Altos do Indaiá, região oeste do município. Ele usava documentos falsos em nome de Samuel Henrique da Silva.

 

Além do crime de uso de documento falso, o atual foragido foi autuado em flagrante por tráfico de drogas por estar de posse de 255 gramas de cocaína em papelotes. Após se refugiar no interior de Mato Grosso do Sul usando uma segunda identidade, ele passou a se dedicar ao comércio de drogas.

 

Em depoimento à Polícia Civil, Maikel Pereira dos Santos afirmou ter se mudado de MT para MS em janeiro deste ano, para morar com a mãe e o padrasto no endereço em que foi preso.

 

O bandido alegou ter se instalado em Dourados para escapar da sentença de morte determinada pelo Comando Vermelho após suspeita de que teria ingressado na facção rival, o PCC (Primeiro Comando da Capital). 

 

Conforme o Dracco, que localizou o bandido em Dourados após compartilhamento de informações com policiais mato-grossenses, Maikel era alvo de seis mandados de prisão expedidos pela Comarca de Lucas do Rio Verde, sendo um deles pela morte de Gediano Silva, 19.

 

A vítima foi amarrada e teve a cabeça arrancada com um facão. A execução foi amplamente compartilhada nas redes sociais como forma de disseminar o terror no interior de Mato Grosso. 



Untitled Document
Últimas Notícias
Militares que atuaram no RS ajudam a combater os incêndios no Pantanal
Homem morre em capotamento pouco depois de trocar pneu de caminhonete
Após morte , Fiocruz alerta para meningite transmitida por caramujo
Untitled Document