Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 20 DE JUNHO DE 2024
15 de SETEMBRO de 2023 | Fonte: Dourados News

Fim do vazio sanitário permite cultivo de soja em Mato Grosso do Sul

Soja na palhada da braquiária em sistema ILP - Crédito: Divulgação

O vazio sanitário é uma importante estratégia utilizada para o controle da ferrugem asiática, por isso, no período de 15 de junho a 15 de setembro, as lavouras do Mato Grosso do Sul estão em período de vazio sanitário. Desta forma, ao longo desses três meses não se pode semear ou manter plantas de soja no campo.

 

A ferrugem asiática é uma doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. E ainda é uma das doenças que mais preocupam sojicultores. Ela é responsável pela desfolha precoce, que impede a formação completa dos grãos e reduz os índices de produtividade.

 

O vazio sanitário é uma importante estratégia de manejo, pois pretende reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática e atrasar a ocorrência da doença ao longo da próxima safra de soja. Alexandre Roese, engenheiro agrônomo da Embrapa Agropecuária Oeste, explica que “quando são eliminadas todas as plantas de soja na entressafra, também se retira do ambiente o hospedeiro do fungo, diminuindo a quantidade de esporos no campo, ou seja, fica muito mais difícil a sobrevivência da doença no campo”, explica Roese.

 

Ele salienta a importância do vazio sanitário que proporciona tanto economia quanto contribui com a sustentabilidade, pois reduz a quantidade de agrotóxicos necessários para o controle da ferrugem asiática. Outra consequência positiva da redução do uso de agrotóxicos é o atraso no desenvolvimento de resistência do fungo aos fungicidas. “A perda da sensibilidade aos fungicidas específicos é um processo natural. Assim, quanto menos aplicações de fungicidas forem realizadas, mais lento será esse processo”, destaca o agrônomo.

 

Mais informações sobre a ferrugem da soja podem ser obtidas no site http://www.consorcioantiferrugem.net.



Untitled Document
Últimas Notícias
Prefeitura de Naviraí recebe 20 máquinas para equipar o tão sonhado Centro de Hemodiálise
MS registra 12.197 casos confirmados de dengue
Rhaiza Matos assina nomeação de quase 100 aprovados no Concurso 2024 da Prefeitura de Naviraí
Untitled Document