Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 19 DE JUNHO DE 2024
26 de JULHO de 2023 | Fonte: Assessoria

Cassems realiza Assembleia Geral Extraordinária no próximo dia 27

Encontro reúne beneficiários de todo o Estado para debaterem os desafios do atual cenário da saúde e os impactos financeiros pós-pandemia.
Foto: Divulgação

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems), realiza na próxima quinta-feira (27), a Assembleia Geral Extraordinária (AGE). O evento reúne beneficiários titulares de todo o Estado.

 

A Assembleia acontece no auditório Manoel de Barros, localizado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes, a partir das 14h. E tem o objetivo de apresentar os impactos financeiros pós-pandemia e debater alternativas para a sustentabilidade do plano de saúde.

 

Para o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, a Assembleia Geral Extraordinária reforça características da Caixa dos Servidores como a democratização das informações, a transparência e a autogestão do plano de saúde. 

 

“A Cassems é construída com a força dos servidores públicos. Isso significa dizer que temos uma capacidade extraordinária de vencer desafios, acreditar nos nossos sonhos coletivos e inovar na busca de soluções. Por isso, mais uma vez, vamos encontrar juntos os melhores caminhos para preservar a qualidade do atendimento oferecido ao nosso beneficiário e garantir a sobrevivência do nosso plano de saúde", afirma Ayache.

 

Custos Operacionais - Segundo levantamento divulgado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), seguindo a dinâmica já observada em 2022, as operadoras médico-hospitalares fecharam o primeiro trimestre de 2023 com déficit de R$ 1,7 bilhão.

 

Um dos fatores que puxam esse déficit é a pandemia da covid-19, que impactou, não só na vida de milhares de pessoas como também represou uma demanda de atendimentos assistenciais, e abalou as finanças dos planos de saúde no Brasil, que atualmente realizam esforços para manter o equilíbrio nas contas.

 

Durante a crise sanitária, de escala mundial, a Cassems com seus 600 leitos hospitalares e a sua rede de centros médicos e de diagnósticos avançados adotou ações emergenciais para adequação da rede de atendimento e assim, foi essencial para salvar milhares de vidas sul-mato-grossenses. 

 

Os investimentos no enfrentamento à pandemia e na assistência aos beneficiários do plano de saúde totalizaram R$290 milhões. Recursos absolutamente necessários que salvaram milhares de vidas em Mato Grosso do Sul. A taxa de recuperação de pacientes internados com covid na rede hospitalar da Cassems chegou a 89%, indicador bem acima da média nacional que ficou em 62%.

 

Entram ainda nessa conta elementos como a inflação médica alta, que em 2022 ficou em 7,13%, e é calculado tendo como base o aumento dos preços de bens e serviços na área de saúde. E a alta taxa de sinistralidade - resultado da proporção entre os custos médicos e o valor arrecadado em um determinado período, que segundo a ANS no primeiro trimestre de 2023 fechou em 87,2%.



Untitled Document
Últimas Notícias
Prefeitura de Naviraí recebe 20 máquinas para equipar o tão sonhado Centro de Hemodiálise
MS registra 12.197 casos confirmados de dengue
Rhaiza Matos assina nomeação de quase 100 aprovados no Concurso 2024 da Prefeitura de Naviraí
Untitled Document