Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2024
11 de ABRIL de 2022 | Fonte: Campo Grande News

Briga de vizinhos termina com homem assassinado

Vizinho, autor do crime, foi atacado com uma faca e se defendeu, dizem testemunhas.
Vila de casas onde autor e vítima moravam, na Vila Santo Eugênio (Foto: Henrique Kawaminami)

Briga entre vizinhos terminou com um homem assassinado a facadas, na noite deste domingo (10/04), na Vila Santo Eugênio, região do Universitário, em Campo Grande. O vizinho, autor do crime, foi preso em flagrante pelo GOI (Grupo de Operações e Investigações).

 

Conforme as informações que constam em registro de boletim de ocorrência, José Donizete Rodrigues dos Santos, de 51 anos, já tinha desavenças com o vizinho, Paulo Nathan Rodrigues da Silva, de 29 anos, ambos moradores de quitinetes na Rua Many Scaff.

 

Por volta das 23 horas de ontem, eles tiveram uma discussão e Paulo foi para o quarto. Donizete o seguiu e bateu na porta, armado com uma faca. Ao abrir a porta, eles começaram a lutar, até que Paulo foi ferido na perna. Em seguida, conseguiu tomar a faca e golpear várias vezes Donizete.

 

Quando a vítima estava caída no chão, Paulo ainda pegou um soquete de pedreiro e usou para golpear a cabeça de Donizete. Depois, entrou no quarto, tomou banho e fugiu em uma bicicleta. Ele foi localizado pouco tempo após o crime, na casa de uma tia. Paulo estava bastante ferido, conforme apurado pela reportagem.

 

Informações são de que Donizete seria um vizinho que causava confusões com vários moradores e há tempos vinha arrumando encrenca com Paulo, que por sua vez, ficava longe de briga, revelaram as testemunhas. "Diz que um olhou meio torto para o outro e começou a desavença", relata um vizinho, que pediu para não ter o nome divulgado.

 

A dona da vila de casas, que também não quis revelar o nome, contou que a briga já começou há algum tempo. "Ontem, eles brigaram e mataram ele. É cachaçada", disse a mulher. Paulo e Donizete moravam há aproximadamente quatro meses no local.

 

O caso foi registrado como homicídio qualificado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada).



Untitled Document
Últimas Notícias
Militares que atuaram no RS ajudam a combater os incêndios no Pantanal
Homem morre em capotamento pouco depois de trocar pneu de caminhonete
Após morte , Fiocruz alerta para meningite transmitida por caramujo
Untitled Document