Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2022
01 de NOVEMBRO de 2021 | Fonte: Assessoria/ Cassems

Cassems é eleita como uma das maiores 500 empresas do Brasil, no “Especial Melhores e Maiores” da Revista Exame

A Cassems já figura o ranking nacional, como uma das mil maiores empresas do Brasil, pela quinta vez.
Foto: Messias Ferreira

A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) foi elencada como uma das 500 maiores empresas do Brasil, pela “Especial Melhores e Maiores” da Revista Exame. O plano de saúde ocupa a 425ª posição no ranking, um crescimento extraordinário comparado ao ano anterior, em que estava na 890ª posição. A árdua dedicação da Cassems durante o período pandêmico para oferecer o melhor em atendimento e tecnologia para os beneficiários também contribuiu para o reconhecimento nacional. O prêmio tem como critérios o crescimento da empresa nos seus negócios, as boas práticas em governança e sustentabilidade. A Cassems segue sua posição de destaque nacional, sendo a 14ª maior empresa de saúde do país.

 

A 48ª edição do Melhores e Maiores da revista Exame buscou, neste ano, premiar as empresas que souberam se reinventar diante do momento de crise pandêmica e se mostram alinhadas aos novos desafios da sociedade, com questões de cunho ambiental, social e de governança. Dentre os critérios avaliados pelo ranking, estão os resultados contábeis, crescimento nos últimos cinco anos e histórico da instituição.

 

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, salienta que o desempenho expressivo do plano de saúde no ranking ocorreu com o trabalho feito durante a pandemia. “Fomos avaliados, principalmente, pelo crescimento significativo da empresa nos últimos meses e a eficiente gestão dos capitais contábeis e financeiros durante o período de crise na saúde. Um outro grande contribuinte para a nossa boa pontuação foi o apelo social, ambiental e a administração de uma governança eficiente, o que nos tornou uma das melhores empresas da região. Com a confiança dos servidores do estado em nós depositada e a experiência que adquirimos em todos esses anos, a expectativa é para que o futuro seja ainda mais promissor”.

 

Foi com alta tecnologia, pesquisas e uma grande equipe que a Cassems prestou mais de 75 mil atendimentos de Covid-19 e 6.308 internações. Contando com a maior e mais completa rede de cuidados em saúde do Mato Grosso do Sul, a Caixa dos Servidores disponibilizou 500 leitos na sua rede hospitalar que, na pandemia, acolheu e salvou milhares de vidas. Além do combate efetivo e pontual contra o coronavírus por meio da assistência médica, o plano de saúde também colaborou na força tarefa de vacinação contra a Covid-19, ao disponibilizar um drive-thru para imunizar a população. Durante os seis meses de funcionamento, foram quase 60 mil doses aplicadas.  

 

Desenvolver um trabalho de excelência durante a crise pandêmica pela qual o país passou só foi possível por causa da rede própria estruturada que a Cassems possui. Hoje, a Caixa dos Servidores dispõe, entre outras estruturas, de 10 hospitais próprios, 76 Unidades de Atendimento, 6 Centros de Diagnóstico, 9 Centros Médicos, 4 Centros de Prevenção e 26 Centros Odontológicos.

 

A Cassems cumpriu um papel importante na assistência à saúde durante a pandemia, não só na vida dos seus beneficiários, mas de toda a população sul-mato-grossense, com uma eficiente oferta de leitos para a sua cartela de assegurados. O plano de saúde ainda deu atenção para a prevenção em saúde e investiu na oferta de exames de diagnóstico e consultas com profissionais de saúde qualificados. No estado, foram mais de 39.786 testes de Covid feitos pelos beneficiários.

 

Conforme explica o vice-presidente da Cassems, Ademir Cerri, o plano de saúde foi um ponto de apoio para a saúde no estado de Mato Grosso do Sul durante o período de pandemia. “Se a Cassems não tivesse uma rede hospitalar tão moderna, com equipamentos de ponta, estruturas inovadoras e uma equipe capacitada para a humanização, teríamos muito mais dificuldade em encarar essa crise pandêmica”.

 

Após os maiores picos da pandemia, o sentimento de muitos beneficiários da Cassems é de gratidão, por terem tido o acesso à uma vasta rede hospitalar e de atendimento preventivo durante o que foi a maior crise da saúde do último século. O fotógrafo Roberto Kelsson esteve internado no Hospital Cassems Campo Grande com Covid-19, nos meses de maio e junho deste ano, e conta seu relato com alegria. “Sou a prova viva de como os profissionais da Caixa dos Servidores são incríveis no que fazem. Foram 50 dias internados no hospital, incluindo os dias de entubação, e eu serei eternamente grato ao cuidado humanizado que recebi. Isso tudo está passando e estamos vencendo essa doença”.



Untitled Document
Últimas Notícias
Cooperativa Recicla Naviraí recolhe mais de 660 toneladas de materiais que iriam para o aterro sanitário
Presidente sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente
Naviraí adere ao programa Cidade Empreendedora oferecido pelo Sebrae/MS
Untitled Document