Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2022
17 de OUTUBRO de 2021 | Fonte: G1-MS

Corpos de família morta em naufrágio no MS são velados em Goiás

Quatro vítimas foram resgatadas do Rio Paraguai e uma segue desaparecida. Ao todo, sete pessoas morreram no acidente.
Quatro corpos de uma família que morreu em naufrágio no MS chega a Rio Verde de Goiás para velório (Foto: Diomício Gomes/O Popular)

Os quatro corpos de uma família que morreu em naufrágio no Mato Grosso do Sul foram velados em Rio Verde-GO neste domingo (17/10), na sede de uma loja maçônica da cidade. Eles estavam no barco-hotel Carcará que virou no Rio Paraguai durante expedição de pesca pelo Pantanal. Uma vítima moradora de Goiás segue desaparecida.

 

As chuvas e os ventos fortes podem ter sido os motivos do naufrágio, segundo o Corpo de Bombeiros. A embarcação estava com 21 pessoas a bordo, sendo 12 turistas de Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Ao todo, sete morreram e 14 conseguiram se salvar.

Carros de funerária pegam corpos de goianos mortos no naufrágio em Mato Grosso do Sul (Foto: Luiz Phillipe/O Popular)

Os Bombeiros retomaram as buscas na manhã deste domingo pela 7ª vítima do naufrágio.

 

As vítimas são:

Thiago Souza Gomes, de 18 anos;

Fernando Gomes de Oliveira, de 49 anos, pai de Thiago;

Fernandes Rodrigues Leão;

Olímpio Alves de Souza, de 71 anos;

Geraldo Alves de Souza, de 78 anos, era irmão de Olímpio, sogro de Fernando Gomes e avô de Thiago;

Vitor Celestino Francelino, de 64 anos, comandante da embarcação;

Mauro Rodrigues Canavarro, de 49 anos, auxiliar de convés.

 

Os sobreviventes contaram à polícia que faziam um churrasco ao ar livre na área de cima do barco quando foram surpreendidos por uma ventania. O barco virou e eles não tiveram tempo de saltar.

Goianos que estavam na embarcação que naufragou no Pantanal de Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo Pessoal/Thamiris Furquim)

Depois da tempestade, o barco continuou virado com 14 sobreviventes esperando resgate. A embarcação tinha 21 metros de cumprimento e seis de altura. Segundo os bombeiros, os ventos podem ter chegado a 65 km/h para virar o barco.



Untitled Document
Últimas Notícias
Cooperativa Recicla Naviraí recolhe mais de 660 toneladas de materiais que iriam para o aterro sanitário
Presidente sanciona MP que torna Auxílio Brasil de R$ 400 permanente
Naviraí adere ao programa Cidade Empreendedora oferecido pelo Sebrae/MS
Untitled Document