Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 21 DE JANEIRO DE 2021
29 de DEZEMBRO de 2020 | Fonte: Subcom

Mato Grosso do Sul regulamenta Lei Geral de Proteção de Dados

O objetivo é a proteção da liberdade, privacidade e intimidade das pessoas.
Foto: Divulgação

Para proteger os dados pessoais que a administração pública tem acesso, o governador Reinaldo Azambuja regulamentou, em âmbito estadual, a Lei Federal 13.709/2018. O Decreto 15.572 foi publicado nesta terça-feira (29/12) no Diário Oficial do Estado e também é assinado pelo controlador-geral Carlos Eduardo Girão.

 

O documento trata das medidas para a aplicação da Lei de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) pelos órgãos da administração direta, autarquias e  fundações de Mato Grosso do Sul, que deverão fazer planos de adequação. O objetivo é a proteção da liberdade, privacidade e intimidade das pessoas. 

 

Empresas públicas e sociedades de economia mista, como Sanesul e MSGÁS, deverão estabelecer as suas políticas de proteção de dados. O decreto dispõe ainda sobre as competências dos agentes envolvidos, que foram classificados como controlador, operador e encarregado.

 

Apesar de ter sido sancionada em 2018, a LGPD só entrou em vigor em setembro de 2020. O principal objetivo é garantir que as informações pessoais consideradas sensíveis, como origem racial, étnica, convicção religiosa e dados sobre saúde, recebam um tratamento diferenciado e mais sigiloso.

 

Em linhas gerais, a lei proíbe o uso indiscriminado desses dados e garante ao cidadão o direito de estar ciente sobre como será feito o tratamento de suas informações e por qual razão elas estão sendo coletadas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
Beneficiários da Agehab podem emitir boleto via aplicativo
Rhaiza Matos ouve servidoras que pedem incorporação de insalubridade
Untitled Document