Untitled Document
SÁBADO, 15 DE AGOSTO DE 2020
13 de JULHO de 2020 | Fonte: Sistema Famasul

Entre maio e junho, MS apresenta segunda maior variação no preço da carne de ovinos no País

Análise foi feita em 10 estados brasileiros onde a cadeia produtiva da ovinocultura é relevante.
Foto: Divulgação/ Famasul

Mesmo durante a pandemia do coronavírus, o mercado da ovinocultura em Mato Grosso do Sul apresentou a segunda maior variação positiva no preço do quilo da carne no país. A análise foi feita entre maio e junho em 10 estados brasileiros onde a cadeia produtiva é relevante. Este é o tema da editoria Mercado Agropecuário desta segunda-feira (13/07).

 

A análise foi realizada pelo Departamento Técnico do Sistema Famasul, com base nos dados divulgados pelo Centro de Inteligência e Mercado de Caprinos e Ovinos da Embrapa, no Rio Grande do Sul.

 

O estado com maior variação foi Santa Catarina, com 21,1% no total. Em seguida, Mato Grosso do Sul teve uma variação de 6,6%: em maio o quilo da carne ovina custava R$ 7,13 e em junho R$ 7,60.

 

“Dentro de vários fatores que podem causar mudança no comportamento dos preços de um produto, a valorização observada pode ser reflexo também de um aumento de procura pela carne ovina em uma possível substituição à carne bovina que está com preços altos. Ainda mais em um momento como este que estamos vivendo de tantas incertezas”, avalia o analista técnico do Sistema Famasul, Juliano Bastos.

 

No levantamento, os técnicos observaram uma estabilidade na atividade, o que demonstra que a cadeia produtiva está cada vez mais consolidada na região.

 

Comparando o 1º semestre de 2020 com o do ano passado, houve uma variação positiva de 0,2% em relação ao preço pago ao produtor pelo quilo da carne ovina. A média do semestre de 2020 ficou em R$ 7,57 o quilo.

 

“Lembramos e orientamos sempre em nossa Assistência Técnica e Gerencial em Ovinocultura que. para obter um produto padronizado e bem acabado, uma carne de qualidade, é necessário adotar cuidados no manejo nutricional dos animais. Podemos citar o manejo das pastagens, pois estas são a base nutricional mais barata de muitos ovinocultores”, completa.

 

Ficou interessando no assunto? Vamos conversar mais sobre ovinocultura na live desta terça-feira (14), no canal do Sistema Famasul: Youtube.com.br/SistemaFamasul e no Facebook @SistemaFamasul.

 

O encontro virtual será apresentado pelo médico veterinário e técnico de campo do Senar/MS, Custódio Júnior, tendo o produtor rural e engenheiro agrônomo Fernando Gottardi como convidado. A transmissão começa às 18h (MS).



Untitled Document
Últimas Notícias
Comissão se reúne para falar sobre planejamento de retorno às aulas presenciais em MS
Governo regulamenta serviços de retransmissão de rádio
Palmeiras se reúne com médicos e prepara pedido de mudança em protocolo da CBF
Untitled Document