Untitled Document
SÁBADO, 15 DE AGOSTO DE 2020
11 de JULHO de 2020 | Fonte: Globo Esporte

Fred passa por cirurgia no olho e inicia recuperação para voltar ao Fluminense no Brasileiro

Camisa 9 vinha sentindo tonturas e descobriu problema oftalmológico nos últimos dias.
Fred fez seu último jogo na semifinal da Taça Rio, contra o Botafogo (Foto: André Durão)

Fred foi operado com sucesso neste sábado (11/07) e já teve alta do hospital. Após descobrir um problema oftalmológico nos últimos dias, o camisa 9 do Fluminense passou por uma cirurgia no olho esquerdo para corrigir uma diplopia (visão dupla). O ídolo tricolor, de 36 anos, já está em casa e iniciou a recuperação para voltar ao time no Campeonato Brasileiro, que começa em agosto.

 

O procedimento cirúrgico foi realizado por um médico de fora do clube e é considerado simples. No entanto, como revelado pelo site "Uol" e confirmado pelo GloboEsporte.com, o centroavante terá que ficar pelo menos 20 dias sem cabecear. Por causa desse problema, ele vai desfalcar o Fluminense nos dois jogos das finais do Campeonato Carioca contra o Flamengo.

 

Fred já vinha se queixando de tonturas desde quando ainda estava em Belo Horizonte. Com a persistência dos incômodos, o atacante foi submetido a uma série de exames no Rio de Janeiro até descobrir o problema na última terça-feira. A diplopia pode estar associada também à visão turva e dor de cabeça e pode ocorrer por choque de cabeça, trauma direto ou até mesmo uma bolada mais forte.

 

Fred desfalcou o Fluminense na final da Taça Rio, na qual o Tricolor conquistou o título após bater o Flamengo nos pênaltis, na última quarta-feira, por causa de dores no pé direito em decorrência de uma pancada levada no clássico com o Botafogo no domingo passado. Nos últimos dias, ele vinha fazendo apenas trabalhos internos na academia do CT Carlos Castilho.

 

Ídolo da torcida tricolor, Fred retornou ao Fluminense no fim de maio após ter saído em 2016. Desde que voltou, o atacante disputou três partidas pelo clube e ainda não balançou as redes. Bicampeão brasileiro em 2010 e 2012, campeão carioca em 2012 e da Primeira Liga em 2016, ele é o terceiro maior artilheiro da história tricolor, com 172 gols.



Untitled Document
Últimas Notícias
Comissão se reúne para falar sobre planejamento de retorno às aulas presenciais em MS
Governo regulamenta serviços de retransmissão de rádio
Palmeiras se reúne com médicos e prepara pedido de mudança em protocolo da CBF
Untitled Document