Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2020
27 de ABRIL de 2020 | Fonte: Agência ALEMS

Frente Parlamentar propõe inserção de MS no programa Beba Mais Leite

O objetivo é incentivar o consumo de lácteos como parte de uma dieta saudável, através da doação de leite para entidades assistenciais.
Grupo quer incentivar o consumo de lácteos como parte de uma dieta saudável (Foto: Assessoria Parlamentar Renato Câmara)

Os integrantes da Frente Parlamentar do Leite se reuniram na tarde desta segunda-feira (27/04), por meio de videoconferência. No evento proposto pelo coordenador do grupo, deputado Renato Câmara (MDB), foi debatida a adesão de Mato Grosso do Sul ao movimento Beba Mais Leite.

 

O objetivo é incentivar o consumo de lácteos como parte de uma dieta saudável, através da doação de leite para entidades assistenciais. Seguindo a mesma proposta, o grupo também falou sobre a criação do programa Leite Infantil, o qual prevê a destinação de leite a famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado. A ideia é que seja apresentada uma minuta de projeto de lei para colocar em prática o plano apresentado.

 

Câmara destacou que mesmo com as restrições de reuniões presenciais, o trabalho da Frente Parlamentar continua. “O grande desafio é nos reunir em um ambiente virtual. Essa era uma possibilidade que utilizávamos com menos frequência e agora é o nosso dia a dia. Tem dado resultado, tenho visto que nessas reuniões as pessoas refletem sobre encaminhamentos e ações. Nós estamos conseguindo com a Frente Parlamentar, com essa discussão virtual, acolher essas ideias e fazer os encaminhamentos na Assembleia Legislativa. Então mudou o ambiente, mas o trabalho tem continuado e tem dado muito resultado para nossa comunidade”, destacou Câmara.

 

A Frente Parlamentar foi instituída em setembro de 2019 pelo Ato 49/2019, da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). O grupo reúne parlamentares e representantes governamentais e não governamentais que têm interesse nas áreas de produção, industrialização e comercialização do leite e seus derivados.

 

Além do deputado Renato Câmara, a Frente é composta pelos parlamentares Capitão Contar (PSL), Eduardo Rocha (MDB), Paulo Corrêa (PSDB), Antônio Vaz (Republicanos), Herculano Borges (Solidariedade), Professor Rinaldo (PSDB), Coronel David (PSL), Onevan de Matos (PSDB), Evander Vendramini (PP), Lidio Lopes (PATRI), Marcio Fernandes (MDB), Jamilson Name (sem partido), Lucas de Lima (Solidariedade) e Neno Razuk (PTB).

 

De acordo com o Ato, a Frente Parlamentar do Leite objetiva promover debates, workshops, seminários, audiências públicas, para discutir questões relativas à temática do grupo de trabalho. Também pretende estimular a atividade da produção leiteira no Estado e articular com o governo destinação de investimentos para a criação de programas relativos à Cadeia Produtiva do Leite.



Untitled Document
Últimas Notícias
Operação em MS busca provas contra policiais civis suspeitos de receberem propina da ‘Máfia do Cigarro’
Publicada com vetos lei sobre ajuda financeira a estados e municípios
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h
Untitled Document