Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2020
16 de MARÇO de 2020 | Fonte: Globo Esporte

Federação paralisa Campeonato Paulista por tempo indeterminado

Medida é para ajudar a conter a propagação do novo coronavírus.
Federação Paulista de Futebol decide paralisar o Paulistão (Foto: Emilio Botta)

A Federação Paulista de Futebol decidiu na manhã desta segunda-feira, em reunião com os clubes da primeira divisão estadual, paralisar a disputa do Campeonato Paulista por tempo indeterminado. A próxima rodada está temporariamente suspensa. O mesmo vale para a Série A2.

 

É uma medida para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Os quatro maiores clubes de São Paulo votaram pela paralisação. Inicialmente, dirigentes de outros clubes buscaram alternativas – como antecipar para o decorrer desta semana a realização das duas rodadas finais da primeira fase –, mas acabaram convencidos. Com isso, a decisão foi unânime.

 

Está mantido o Dérbi entre Guarani e Ponte Preta, marcado para as 20h desta segunda-feira, no Brinco de Ouro, mas sem torcida por determinação da Secretaria de Saúde de Campinas. O jogo encerra a décima rodada do estadual, iniciada na última sexta-feira.

 

Ao longo dia, a Federação ainda fará reunião com clubes da série A3. A tendência é de suspensão dos jogos também.

 

Em nota oficial, a entidade afirmou o seguinte:

"A Federação Paulista de Futebol vem a público informar o resultado da reunião entre os presidentes de clubes do Paulistão Sicredi 2020, com a presença do Sindicato de Atletas Profissionais de São Paulo, sobre a pandemia do novo Coronavírus.

 

Os clubes votaram e decidiram em consenso pela paralisação da competição. Dessa maneira, a FPF anuncia que, a partir desta terça-feira (18), as partidas do Paulistão Sicredi 2020 estão suspensas por prazo indeterminado."

 

 

Na saída do encontro, o presidente do Santos, José Carlos Peres, disse que a ideia é analisar a decisão a cada sete dias.

 

– Todos nós temos responsabilidades. Tomamos a decisão também para servir de exemplo para outras categorias pararem. (...) Vamos fazer uma avaliação a cada sete dias.

 

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, deu seu respaldo à decisão. O elenco foi liberado dos treinos.

 

– O Palmeiras, desde o primeiro momento, trabalhou muito para que chegasse a esse ponto de paralisação, e que através dessa atitude a gente possa preservar vidas. O mais importante é que a gente, a partir desse momento, tome atitude de prevenção. Essa é a mensagem dos clubes, do futebol brasileiro.

 

O Ministério da Saúde já havia orientado que eventos esportivos de grandes aglomerações só fossem realizados com portões fechados caso não houvesse tempo hábil para adiá-los ou cancelá-los. Assim, a última rodada foi mantida, com portões fechados em três jogos – além do Dérbi de Campinas, o clássico São Paulo x Santos e a partida entre Corinthians e Ituano, realizados na capital, onde há mais casos de contaminação. Os demais jogos tiveram presença de público.

 

Para a próxima rodada, estavam previstas oito partidas, entre elas o clássico Corinthians x Palmeiras em Itaquera. O Timão, preventivamente, já havia suspendido a venda de ingressos.

 

O Paulistão é paralisado com Santos, Santo André, São Paulo e Bragantino na liderança das chaves. O Palmeiras é o segundo colocado no Grupo B, e o Corinthians é o terceiro do Grupo D. Faltam duas rodadas para o término da fase de grupos.



Untitled Document
Últimas Notícias
Operação em MS busca provas contra policiais civis suspeitos de receberem propina da ‘Máfia do Cigarro’
Publicada com vetos lei sobre ajuda financeira a estados e municípios
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h
Untitled Document