Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 24 DE FEVEREIRO DE 2020
10 de FEVEREIRO de 2020 | Fonte: Agesul

Estado garante trafegabilidade e segurança na malha sul-fronteira com recursos do Fundersul

As condições de tráfego hoje na região permitem maior fluxo de cargas e segurança aos usuários.
Trecho pavimentado da MS-379, entre Laguna Carapã e Amambai (Posto Taji): novo corredor de produção (Foto: Agesul)

Os municípios situados na região de fronteira com o Paraguai, no extremo Sul, estão recebendo toda atenção do Governo do Estado no setor rodoviário, com a pavimentação, restauração e manutenção permanente de importantes eixos de integração e escoamento de produção. As condições de tráfego hoje na região permitem maior fluxo de cargas e segurança aos usuários.

 

Recentemente, a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) concluiu o serviço de restauração asfáltica de todo o trecho da MS-289, entre Amambai e Coronel Sapucaia, totalizando 40 quilômetros, com investimentos de R$ 27 milhões – recursos estes via Fundersul, Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul.

 

Toda a malha sul-fronteira está em constante manutenção e implantação de estrutura básica, a cargo da Residência da Agesul em Amambai. Outro trecho da MS-289, entre Amambai e Juti, de 90 quilômetros, está em obras de cascalhamento, serviço que está sendo executado também em 75 quilômetros da MS-386, entre Amambai e Iguatemi, com recursos do Fundersul.

 

Serviços de cascalhamento executados no fim do ano passado contemplaram também 170 quilômetros da MS-299, entre os municípios de Paranhos, Sete Quedas e Japorã, a

 

lém de 55 quilômetros das MS-485 e MS-486, na interligação dos municípios de Amambai, Aral Moreira e Coronel Sapucaia. A Agesul também entregou a recuperação de 95 quilômetros da MS-165, entre Coronel Sapucaia e Paranhos.

 

Pavimentação

Completando a Rota da Integração, o Governo do Estado executa uma obra aguardada há décadas na região, com investimentos de R$ 74 milhões: a pavimentação asfáltica de 42 quilômetros das MS-379, de Laguna Carapã ao Posto Taji (entroncamento com a MS-386), em Aral Moreira. Mais de 45% da obra já foram executados, encurtando a distância entre os municípios e beneficiando uma região em expansão agrícola.

 

“É gratificante para nosso governo realizar uma obra dessa envergadura, levando infraestrutura a uma rota de integração rodoviária que irá potencializar o setor produtivo e contribuir para o desenvolvimento da nossa fronteira”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja, ao lançar o asfalto durante ato em Laguna Carapã, em 2019. Para o prefeito Itamar Bilibio, a região se tornará um corredor de riquezas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Escola de Música da UFMS abre 180 novas vagas para 2020
Athletico acerta com Rony para fechar venda ao Palmeiras
Prefeito Izauri recebe representantes do Simted e abre negociação salarial
Untitled Document