Untitled Document
DOMINGO, 15 DE DEZEMBRO DE 2019
14 de NOVEMBRO de 2019 | Fonte: Globo Esporte

Cruzeiro já prepara Rodriguinho para 2020 após segunda cirurgia

Sérgio Campolina ainda destaca o Cruzeiro sem lesões musculares no returno do Brasileirão
Rodriguinho só volta a jogar na próxima temporada — Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Cruzeiro não terá Rodriguinho para a reta final do Campeonato Brasileiro de 2019. Recuperando-se da segunda cirurgia na região lombar, o jogador vem apresentando boa resposta na recuperação, mas não conseguirá estar apto para atuar em alguma partida. Por isso, o objetivo é prepará-lo para estar na pré-temporada junto com os demais atletas. Situação diferente é a do zagueiro Dedé, que ainda dá sinais de esperança para o departamento médico cruzeirense que possa voltar ainda nesta temporada.

 

O zagueiro está se recuperando de uma cirurgia no joelho direito, ocorrida em outubro. O otimismo do chefe do departamento médico do clube, Sérgio Campolina, é o mesmo logo depois da cirurgia em 23 de outubro.

 

- O Rodriguinho eu não estou pensando nele para esse ano. Não é meu objetivo. Mas o Dedé não. Ele está indo bem. Quero ver se ele consegue voltar nos últimos jogos. Vamos ver como ele vai evoluir essa semana, porque vai fazer um trabalho mais físico. Na semana que vem, trabalho mais de movimentação. O Dedé não está descartado.

 

Apesar de já trabalhar a recuperação de Rodriguinho para a próxima temporada, o médico do Cruzeiro elogia a evolução médica do meia, que, segundo ele, é melhor que na primeira cirurgia.

 

- O Rodriguinho também, está reagindo muito bem. Ele está assintomático, sem medicamento para dor. Ele está fazendo um trabalho de recuperação específica, que chama mobilização neural, que é para você fazer um trabalho para a dor neuropática. É uma fisioterapia específica para um pós-operatório de hérnia e radiocolopatia. Então, ele está muito bem. Ele apresenta uma evolução mais rápida que da primeira vez que ele recuperou. O trabalho está sendo feito para isso para a pré-temporada ele estar com o grupo, sem restrição - disse o médico cruzeirense.

 

Já Dedé tem chances, sim, de retornar ainda nesta temporada. O departamento médico acredita que ele possa voltar nas últimas partidas do Campeonato Brasileiro. Mas, claro, nada será feito às pressas para o jogador não voltar a sentir dores no joelho.

 

- O Dedé está hoje com 20 dias de pós-operatório, está reagindo muito bem e fazendo musculação forte. Não está mais só na fisioterapia, está também fazendo trabalho aeróbico também na parte interna. Está se recuperando bem. É um joelho que temos uma cautela maior, porque é uma situação pré-existente dele. A gente não quer pular etapas, mas ele está evoluindo muito bem - destacou.

 

Bom momento do departamento médico

Sérgio Campolina ainda destacou que o time cruzeirense não tem uma baixa por causa de lesão muscular desde o final do primeiro turno. Ele destacou que, a não ser os dois casos citados acima, ninguém mais é desfalque do Cruzeiro nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

 

- Estamos em um momento muito bom no departamento médico. O time não está tão bom assim, mas o departamento médico está bem demais. Pouco antes de começar o returno, não tivemos nenhuma lesão muscular. A gente criou uma mentalidade diferente. A gente tem feito um trabalho que, assim que o atleta apresente algum sintoma, além do trabalho preventivo, começamos com um tratamento específico para não deixar evoluir. A gente faz a questão da monitoração de carga, como todos os clubes fazem, mas a gente tem feito algumas modalidades de tratamento para acelerar as queixas. Não as lesões, as queixas. Isso tem repercutido bem. A gente tem usado tudo que pode, em termos de tecnologia e medicina para fazer acontecer. Você vê os clubes com muitos jogadores com lesão muscular, e nós estamos com um grupo completo, tirando o Rodriguinho e o Dedé que realizaram cirurgia. O restante está todo à disposição. É um motivo de muita satisfação para a gente.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sobrevivente do voo da Chape, Neto se aposenta aos 34 anos
Eventos esportivos movimentaram Naviraí do início ao fim do ano
Clima é favorável para safra de soja em Mato Grosso do Sul
Untitled Document