Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2019
08 de AGOSTO de 2019 | Fonte: Globo Esporte

Boselli esclarece ofertas e nega Boca Juniors: "Tenho contrato e quero jogar no Corinthians"

Autor de gol contra o Goiás, argentino diz que só quer falar sobre futuro em dezembro
Boselli fez, de pênalti, o segundo gol do Corinthians sobre o Goiás — Foto: Marcos Ribolli

Autor do segundo gol do Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Goiás, nesta quarta-feira, em Itaquera, Mauro Boselli falou das sondagens do exterior recebidas nos últimos dias, mas reafirmou a vontade de permanecer no Timão.

Em entrevista coletiva após a partida, Boselli descartou a possibilidade de deixar o Corinthians antes do fim do ano:

– Recebi propostas, sim, não só eu, elas chegaram ao clube, de equipes brasileiras e de outros países. Falando com minha família, meu representante, o presidente (Andrés Sanchez) e os dirigentes do Corinthians, chegamos à conclusão de que eu tenho contrato aqui e quero jogar no Corinthians – afirmou Boselli.

Na última terça-feira, Boselli já havia utilizado o Twitter para se manifestar sobre a possibilidade de deixar o Corinthians. Horas após seu empresário visitar o CT Joaquim Grava, ele escreveu dizendo que tinha propostas do Brasil e do exterior, mas que avisou a todos que desejava permanecer no Timão.

– Sobre o que escrevi no Twitter, quis esclarecer um monte de situações, já me davam como jogador de outras equipes como o Boca, um clube que eu gosto muito, que tenho muito carinho, que tenho conhecidos lá. Mas quero esclarecer que não recebi nenhuma proposta do Boca, nada formal, são apenas especulações. Me surpreendi que falem como se eu estivesse certo com essa equipe – esclareceu o atacante.

O camisa 17 também destacou a união do grupo corintiano e o comprometimento de todos, mesmo aqueles que não estão atuando.

Indagado sobre pelo que o Timão briga no Campeonato Brasileiro, ele não titubeou:

– O Corinthians tem de brigar pelo título, não é uma questão de pontos ou situações, agora que estamos em quinto lugar. Temos um escudo que não nos permite deixar de brigar até a última rodada, então vamos por esse caminho. Estamos a alguns pontos de distância, temos de recuperar, perdemos alguns pontos nas primeiras rodadas. Não podemos pensar em ganhar um título se não pensarmos antes na próxima partida, que é contra o Inter – comentou, já projetando o duelo de domingo, às 11h, no Beira-Rio.



Untitled Document
Últimas Notícias
Palmeiras empata com Athletico e vê Flamengo abrir 10 pontos na liderança
Semana começa com previsão de chuva para MS
Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência
Untitled Document