Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 13 DE DEZEMBRO DE 2019
25 de JULHO de 2019 | Fonte: Assessoria

Aranav já recolheu mais de 2,5 mil toneladas de embalagens de agrotóxico

Desde que a central iniciou as atividades, há quase 15 anos, a Aranav atua como ferramenta para promover na prática as ações do campo limpo.
No Dia do Campo Limpo, alunos visitam as instalações da central da Aranav e conhecem um pouco mais sobre destinação correta de embalagens de agrotóxicos (Foto: Arquivo/Copasul)

Com ata de fundação datada de 18 de julho de 2003 e com a central de recebimento ativada em 17 de agosto de 2004, a Associação dos Revendedores de Agrotóxicos de Naviraí (Aranav), já recebeu mais de 2,5 mil toneladas de embalagens vazias de agroquímicos em quase 15 anos de atuação na região de Naviraí. A informação é de Wanderson Carlos França, técnico agrícola gestor da central de recebimento.

 

Como conta Wanderson, a central foi criada a partir da iniciativa de Sakae Kamitani (fundador da Copasul) falecido em 2017, do filho dele, Gervásio Kamitani, hoje presidente da cooperativa, e de Edson Shingu, hoje presidente da Aranav. “Temos a Copasul como a precursora da Aranav. A criação da associação foi impulsionada pela cooperativa e isso mostra que a missão e os valores de responsabilidade ambiental que regem as ações da Copasul são muito fortes e fazem a diferença”, disse Wanderson. Atualmente, são 28 revendedores de agroquímicos associados à Aranav.

 

Em 2019, a associação já recebeu 300 toneladas de embalagens vazias e credita isto ao alto grau de conscientização que o produtor rural tem atingido. “Temos uma abrangência nos municípios de Naviraí, Itaquirai, Eldorado, Mundo Novo, Japorã, Sete Quedas, Iguatemi, Novo Horizonte do Sul, Jateí, Angélica, Ivinhema, Taquarussu, Nova Andradina, Batayporã, Anaurilândia. Em toda esta região são toneladas recolhidas desde 2004”, explica Wanderson.

 

A Aranav segue as normas do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, uma entidade sem fins lucrativos criada por fabricantes de defensivos agrícolas com o objetivo de promover a correta destinação das embalagens vazias de seus produtos.

 

A Aranav também promove desde o ano de 2005 o Dia Nacional do Campo Limpo, quando a central fecha o recebimento das embalagens vazias e promove o recebimento de alunos das escolas rurais, municipais e estaduais, professores, agricultores e comunidade em geral, para que tenham a oportunidade de conhecer como funciona o sistema de destinação correta das embalagens vazias de agrotóxicos. Este ano o evento será no dia 16 de agosto.

 

“Temos o foco de fomento ao meio ambiente. A associação também participa da Semana do Meio Ambiente, promovida pela Secretária do Meio Ambiente de Naviraí. O responsável técnico também visita escolas onde ministra palestra sobre o destino correto das embalagens vazias de agrotóxicos”, finalizou Wanderson.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sampaoli entra com ação na Justiça contra o Santos por atraso em pagamentos do FGTS
Aprovada Reforma da Previdência de Mato Grosso do Sul
SUS amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe
Untitled Document