Untitled Document
DOMINGO, 15 DE SETEMBRO DE 2019
08 de JULHO de 2019 | Fonte: Biosul/ Eliane Salomão

Geada atinge áreas de cana-de-açúcar em MS e usinas levantam impactos nas lavouras

O cone sul do Estado, onde se concentra 80% da produção, foi o mais atingido.
Foto: Arquivo

As baixas temperaturas registradas na madrugada de sábado (06/07) e domingo (07/07), na região sul e parte da costa leste de Mato Grosso do Sul, causaram a ocorrência de geada em áreas de lavouras de cana-de-açúcar. O cone sul do Estado, onde se concentra 80% da produção, foi o mais atingido.

 

De acordo com o presidente da Biosul [Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul], Roberto Hollanda Filho, as unidades adequam o manejo da safra para colher a cana antes do período mais favorável à ocorrência de geadas. Ainda assim, pela extensão do fenômeno, outras áreas foram afetadas.

 

De acordo com o monitoramento meteorológico da Embrapa Agropecuária Oeste, na madrugada de domingo (07) em vários municípios no sul do Estado foram registradas temperaturas próximas de 0º.

 

Eventuais danos à cana-de-açúcar, quer seja para a safra em curso ou para a próxima, só poderão ser determinados a partir de mais uma ou duas semanas, com a avaliação do canavial. A partir daí, as unidades partem para eventuais medidas corretivas, quer seja na reprogramação da colheita ou nos tratos culturais.



Untitled Document
Últimas Notícias
Izauri destaca apoio do Governo do Estado na pavimentação e drenagem do Distrito Industrial
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado de R$ 100 milhões
IFMS abre inscrições para 1,4 mil vagas em cursos técnicos integrados
Untitled Document