Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2019
04 de JUNHO de 2019 | Fonte: Assessoria

Naviraí é representada na Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

Aluno da Guarda Mirim de Naviraí conquista vaga na delegação do MS para Conferência Nacional.
Foto: Divulgação

O município de Naviraí foi representado na X Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente realizada em Campo Grande, nos dias 28 e 29 de maio, com o tema “Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento as Violências”. Na ocasião, participaram os delegados eleitos na Conferência Municipal, Adriano de Pontes Souza, cientista social e coordenador da Guarda Mirim, Rikael Alexandre Almeida da Silva, aluno Oficial da Guarda Mirim e Eoclésio Valdemor da Silva, psicólogo da equipe técnica do CRAS I e secretário do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

 

Os debates da Conferência Estadual deste ano foram divididos em cinco eixos temáticos. Algumas das propostas de Naviraí que foram elaboradas na Conferência Municipal, realizada no ano passado, foram reformuladas e compiladas com as de outros municípios e aprovadas na plenária da Conferência Estadual, dessa forma, essas propostas constarão no relatório final para serem defendidas na XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (CNDCA), prevista para acontecer em outubro de 2019, em Brasília.

 

O participante Rikael da Silva é aluno da Escola Municipal Prof. José Carlos da Silva e foi um dos delegados eleitos, na categoria adolescente, para compor a delegação de Mato Grosso do Sul e vai defender as propostas do estado na Conferência Nacional que reunirá um conjunto de propostas resultantes das demais etapas conferenciais. As propostas priorizadas influenciarão na elaboração de políticas públicas, projetos de lei e demais instrumentos e ações voltadas à promoção, à proteção e à garantia dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil.

 

Rikael da Silva ressaltou que a motivação da sua candidatura foi, simplesmente, o fato de poder representar os adolescentes, defender seus direitos e também dos demais. “Participar da Conferência Estadual foi uma experiência única, aprendi muitas coisas e pude reconhecer que as crianças e os adolescentes, sim, temos direitos e deveres também. Agora, poder representar o meu município e o meu estado, em Brasília, será motivo de muita alegria e responsabilidade”.

 

O cientista social Adriano Souza enfatizou que a Guarda Mirim vive um momento único com a participação de Rikael representando a instituição e toda a juventude sul-mato-grossense na Conferência Nacional. “Olho esse momento com grande entusiasmo, pois é nosso dever constitucional garantir, com absoluta prioridade, todos os direitos da criança e do adolescente e seus melhores interesses, para tanto, é fundamental discutir orçamento público para garantir e desenvolver políticas públicas sociais, pois investir na criança é investir em toda a sociedade”.

 

Para a gerente de Assistência Social, Marizélia Mazzini Medeiros, “é uma honra termos sido escolhidos, na pessoa do adolescente Rikael, para representar o protagonismo juvenil do estado. Rikael é o retrato da nossa juventude, um adolescente proativo, dinâmico, dedicado e acima de tudo com energia suficiente para representar o estado de Mato Grosso do Sul e seguirá com o mesmo compromisso em âmbito nacional”.

 

A presidente do CMDCA, Edilene Rosa dos Santos, destacou a importância do avanço das propostas do município para o âmbito federal defendidas com compromisso e responsabilidade pelos representantes naviraienses e considerou a conquista do adolescente Rikael como motivo de muito orgulho para Naviraí. “Rikael se tornou referência e representa os projetos sociais e os serviços existentes na política de assistência social do município, capazes de transformar vidas, alimentar sonhos, reorganizar valores sociais e contribuir para um presente e futuro melhor”, finalizou a presidente.



Untitled Document
Últimas Notícias
Naviraí terá campanha de vacinação antirrábica em duas datas
Palmeiras tira Ramires do campo e só deve voltar em 2019
CCJ da Câmara aprova condução coercitiva de intimados por CPI
Untitled Document