Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 17 DE OUTUBRO DE 2019
15 de ABRIL de 2019 | Fonte: Agência ALMS

Presidente Paulo Corrêa entrega Balanço Geral do Estado ao TCE-MS

Balanço Geral do Estado é composto por atos contábeis da gestão pública, entre eles, detalhes de despesa com pessoal, receita, custeio e investimentos feitos pelo Governo.
Presidente do TCE-MS recebe documentos e ressalta cumprimento de prazos por parte da ALMS (Foto: Luiz Carlos Junior/ALMS)

O balanço geral das contas do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, exercício 2018, foi entregue oficialmente nesta segunda-feira (15/04) pelo presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa (PSDB), ao presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), conselheiro Iran Coelho das Neves. O Balanço Geral do Estado é composto por atos contábeis da gestão pública, entre eles, detalhes de despesa com pessoal, receita, custeio e investimentos feitos pelo Governo. 

 

Embora o Tribunal de Contas tenha implantado desde o ano passado a entrega eletrônica do balanço geral do Poder Executivo do Estado e dos municípios, Paulo Corrêa explicou que o ato de entrega simboliza a harmonia entre os Poderes. “Vim formalizar essa entrega em respeito à harmonia entre os Poderes, assunto que temos debatido na nossa Casa. Estamos iniciando uma nova fase, cumprindo os prazos e temos um grande respeito pelo conselheiro Iran e por todos os outros conselheiros”, enalteceu Paulo Corrêa.  

 

O presidente do Tribunal de Contas destacou que a Assembleia tem feito rigorosamente a entrega dos documentos, o que garante cumprimento dos prazos constitucionais. “A entrega do relatório no prazo legal, desde quando o atual presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa, era primeiro-secretário, virou uma rotina. Todos os contratos são entregues individualmente, como manda a lei, dentro do prazo, bem como os balanços gerais, e não poderia ser diferente agora no exercício 2019. É uma alegria pra nós saber que a Assembleia tem essa consideração com o Tribunal de Contas”, disse.

 

Agora o relatório passará por avaliação e análise do corpo técnico do TCE-MS e apreciação do Tribunal Pleno para ser votado também pelos conselheiros. Posteriormente, o parecer do TC-MS segue para aprovação na Assembleia Legislativa.

 

Entrega eletrônica

De acordo com o Tribunal de Contas, o sistema de envio eletrônico dos balanços foi implantado em 2017. No entanto, somente em 2018 começou a valer também para o Governo do Estado. A iniciativa garante confiabilidade da informação, agilidade e transparência, além de economia no uso de papel e no deslocamento que era necessário para que os municípios fizessem a entrega.



Untitled Document
Últimas Notícias
Conmebol confirma final da Libertadores no Maracanã em 2020
Pagamento de bolsas do CNPq está garantido este ano, diz governo
Igreja Adventista do 7º Dia de Naviraí promove palestra no Outubro Rosa
Untitled Document