Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 19 DE SETEMBRO DE 2019
13 de DEZEMBRO de 2018 | Fonte: G1

Jair Bolsonaro almoça na casa de Silvio Santos

Presidente eleito passou por consulta e deve fazer exames para cirurgia de retirada da bolsa de colostomia. Em seguida, foi almoçar na casa do empresário Silvio Santos.
Jair Bolsonaro chega à casa de Silvio Santos (Foto: TV Globo/Reprodução)

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) veio para São Paulo na manhã desta quinta-feira (13) para passar por uma consulta no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul da capital paulista. Na segunda quinzena de janeiro, Bolsonaro passará por uma cirurgia de retirada da bolsa de colostomia que usa desde que foi atingido por uma faca durante um atentado em Minas Gerais, no dia 6 de setembro.

 

Vindo de Brasília, o avião da Força Aérea Brasileira que trouxe Bolsonaro pousou no aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, às 9h41. Ele saiu da Granja do Torto, em Brasília, às 8h.

 

Bolsonaro veio acompanhado pela mulher, Michelle Bolsonaro, a filha, pelo futuro ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni, além de assessores e seguranças.

 

O deputado eleito pelo Rio de Janeiro, Hélio Fernando Barbosa Lopes, também conhecido como Hélio Negão e Hélio Bolsonaro, também acompanha o presidente eleito.

 

O presidente eleito saiu de Congonhas acompanhado por batedores da PM que liberaram o trânsito e chegou ao hospital às 10h25. Ele deixou o hospital por volta das 11h40. Em seguida, Bolsonaro foi almoçar na casa do apresentador Silvio Santos no Morumbi, também na Zona Sul.

 

Silvio Santos preparou um almoço de aniversário. Ele completou 88 anos nesta quarta-feira (12).


Cirurgia

A consulta foi marcada a pedido de Bolsonaro. Programada inicialmente para o dia 12 de dezembro, a cirurgia de Bolsonaro para religar todo o intestino deve ocorrer em janeiro, já que ele estava com uma inflação no peritônio quando fez exames no fim de novembro.

 

O novo procedimento, considerado mais simples que os anteriores, será o terceiro desde que sofreu o atentado.

 

Em setembro, Bolsonaro ficou 23 dias internado na capital paulista, após sofrer uma facada no abdômen durante ato de campanha em Minas Gerais e passar por uma cirurgia em Juiz de Fora.

 

Dias depois, após ser transferido para o Einstein, ele teve uma obstrução no intestino e foi submetido a uma segunda cirurgia.



Untitled Document
Últimas Notícias
Naviraí terá campanha de vacinação antirrábica em duas datas
Palmeiras tira Ramires do campo e só deve voltar em 2019
CCJ da Câmara aprova condução coercitiva de intimados por CPI
Untitled Document