Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 10 DE DEZEMBRO DE 2018
08 de NOVEMBRO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Em um ano, mortes na BR-163 caem de 62 para 30 casos em MS

Último registro foi ontem (07), quando um motociclista morreu carbonizado
Caso mais recente foi de motociclista que morreu carbonizado na rodovia (Foto: Álvaro Rezende/Correio do Estado)

O número de mortes na rodovia BR-163 em MAto Grosso do Sul caiu pela metade em comparação ao ano passado. Entre janeiro e novembro deste ano, foram registrados pela CCR MSVia, concessionária que administra a via, 30 óbitos.

 

O último registro ocorreu na tarde desta quarta-feira (7), no anel rodoviário de Campo Grande, onde um motociclista não identificado morreu carbonizado após bater em um caminhão e a moto que pilotava pegar fogo.

 

Em comparação ao mesmo período de 2017, os registros de morte caíram pela metade. Conforme a CCR MSVia, de janeiro a novembro do ano passado, foram 62 mortes em toda extensão da rodovia federal que corta Mato Grosso do Sul de norte a sul.

 

Outro caso recente com morte em acidente na rodovia foi em outubro, quando um menino de 5 anos de idade foi arremessado após o veículo capotar e morreu no local. O acidente envolveu o carro da família na região norte do Estado, entre os municípios de Pedro Gomes e Sonora.

 

A suspeita é de que o menino estivesse sem cinto ou fora da cadeirinha de segurança. O carro saiu da pista e capotou.



Untitled Document
Últimas Notícias
Fronteira: mais um é morto a tiros na rua
Bolsonaro passa parte do dia no interior de SP
Indústrias terão de criar 11 mil vagas no Estado em troca de incentivos
Untitled Document