Untitled Document
SEGUNDA FEIRA, 25 DE MARÇO DE 2019
08 de NOVEMBRO de 2018 | Fonte: G1-MS

Agronegócio de MS comemora indicação de Tereza Cristina para ministra da Agricultura

Deputada do DEM, já estava atuando na equipe de transição do governo e agora foi indicada para o futuro ministério.
A deputada Tereza Cristina (DEM-MS), foi indicada pela FPA para ocupar o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento na gestão Bolsonaro (Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados)

Após a oficialização da indicação da deputada federal de Mato Grosso do Sul, Tereza Cristina Correa da Costa Dias (DEM), para o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), na gestão do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), várias instituições do agronegócio do estado se manifestaram, comemorando a designação.

 

Atual presidente da Frente Parlamentar Agropecuária do Congresso Nacional, conhecida como a bancada ruralista, Tereza Cristina foi indicada pela FPA para o cargo. Ela é engenheira agrônoma e empresária.

 

O presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, disse que é de extrema importância uma representante sul-mato-grossense na pasta agronegócio. “A deputada certamente poderá fazer ainda mais pelo setor e somará muito para o agronegócio”, afirmou.

 

Já o presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Ruy Fachini Filho, lembrou que Tereza Cristina é reconhecida pelo empenho e dedicação ao agronegócio do estado e que é ex-diretora e associada a entidade. “Fará muito pela agropecuária brasileira. Representa a satisfação de todos associados, com o anúncio do futuro presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, ao confirmá-la como Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, nesta quarta”, disse.

 

Por sua vez, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Sistema Famasul), Mauricio Saito, parabenizou o presidente eleito pela escolha e comemorou a indicação da deputada federal sul-mato-grossense.

 

“A escolha de Bolsonaro não poderia ser mais assertiva, considerando que Tereza é conhecedora da realidade do Agro brasileira e uma defensora dos direitos dos produtores rurais”, destaca o presidente da Famasul, Mauricio Saito.

 

Saito destaca ainda que Tereza Cristina tem sua trajetória marcada pela representatividade rural, tendo atuado como diretora- secretária da Famasul, como superintendente do Senar/MS e secretária estadual de Produção.

 

O secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, também celebrou a indicação.

 

"Foi com muita satisfação que recebi a notícia de que o presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou a nossa deputada Tereza Cristina para integrar a sua equipe e comandar o Ministério da Agricultura. Tereza, antes de ser eleita parlamentar por Mato Grosso do Sul, teve uma trajetória brilhante à frente da antiga Seprotur, órgão estadual que foi um dos embriões da Semagro, secretaria que tenho a honra de dirigir há quatro anos. Nossa futura ministra tem o apoio da Frente Parlamentar do Agronegócio, tem o know how, ta experiência político-administrativa e um excelente trâmite junto o setor produtivo. Tenho certeza de que ela terá êxito em seu trabalho. Mato Grosso do Sul sente orgulho, pois está muito bem representado. Parabéns.", comentou.

 

Além da indicação, a deputada já faz parte da equipe técnica que trabalha na transição do governo Temer para a gestão Bolsonaro.



Untitled Document
Últimas Notícias
Plano de Desenvolvimento da Agropecuária de MS passa por adequações
Lançamento do Dia de Cooperar no MS reúne cooperativas do Estado
FMS apoia evento científico sobre atividade física e saúde
Untitled Document