Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2019
18 de OUTUBRO de 2018 | Fonte: Agência Brasil

Pagamento do 13º salário injetará R$ 2,6 bilhões na economia de MS

SulValor abrange valores pagos aos trabalhadores com carteira assinada, aposentados e servidores públicos18
Pagamento do benefício representa 1,37% do PIB de Mato Grosso do Sul (Foto: Arquivo)

O pagamento do 13º salário do setor formal de trabalho trará um incremento de R$ 2.601.991.458,97 à economia de Mato Grosso do Sul neste ano. Quando comparado com o ano anterior, o valor é R$ 208.733.556,56 superior. Os números integram estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos (DIEESE), que abrange empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social e aposentados e beneficiários de pensão da União e dos estados e municípios. 

 

Em relação ao ano anterior, o pagamento do 13º salários às pessoas do regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e dos aposentados do INSS, é 8,72% e representa 1,37% do Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso do Sul. O crescimento é o segundo menor da série histórica calculada pelo DIEESE em Mato Grosso do Sul, desde 2012. 

 

Serão 683.656 pessoas beneficiadas no mercado formal de trabalho com o pagamento do salário adicional. Aumento de 1,6% em relação ao ano anterior, o que o estudo considera uma importante recuperação do mercado de trabalho local. 

 

Entre os assalariados dos setores públicos e privados (60,7% do total de beneficiados), o crescimento foi de 10.861 postos, mesmo considerando redução em 1.000 postos de trabalho entre os empregados domésticos com carteira assinada (3,3% do total de beneficiados). Entre estes trabalhadores, houve acréscimo de R$ 105,80 no rendimento médio, que agora é de R$ 2.691,42.

 

Entre os aposentados e pensionistas, só foi possível estimar o recebimento pelos beneficiários do INSS, que, nessa conta, representam 36,0% do contingente de pessoas com acesso ao 13º em 2018.

 

O total trabalhadores que passaram a acessar o Regime Geral de Previdência teve um acréscimo de 7.728 pessoas: agora são 381.160. O valor médio da remuneração, de R$ 1.983,52, apresentou variação de 14,2%, ou R$ 247,04, em valores monetários.

 

BRASIL

Em todo o País, o impacto do pagamento do 13º salário deve ser de R$ 211,2 bilhões. Este montante representa aproximadamente 3% do PIB brasileiro.

 

Para o cálculo foram reunidos dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ambos do Ministério do Trabalho. Também foram consideradas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Previdência Social e da Secretaria Nacional do Tesouro (STN). Os trabalhadores autônomos não integram o estudo. 



Untitled Document
Últimas Notícias
Reinaldo Azambuja debate prioridades de MS com ministros de Bolsonaro
Inscritos no Mais Médicos têm novas datas para selecionar municípios
Prefeito Izauri assina contratos na Caixa para aquisição de maquinários
Untitled Document