Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
01 de OUTUBRO de 2018 | Fonte: Agesul

Estratégica, Governo dá ordem de início para restauração da MS-289 na região da Fronteira

Rodovia MS-289, que liga os municípios de Amambaí e Coronel Sapucaia, será contemplada com obra de restauração.
Foto: Prefeitura Amambai

A fim de melhorar as condições de trafegabilidade na região da Fronteira de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado vem investindo forte nas diversas rodovias da região. Na manhã de hoje (01/10) foi dada a ordem de início dos trabalhos para mais uma rodovia, que irá contemplar com restauração a MS-289, que liga os municípios de Amambaí e Coronel Sapucaia.

 

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Helianey Paulo da Silva, que assinou a ordem de início, em frente ao Monumento Baís, em Coronel Sapucaia, a obra vai receber recursos próprios do Governo, da fonte Fundersul. “Serão mais de R$ 22 milhões empregados nessa obra que visa trazer mais segurança, qualidade na trafegabilidade e dignidade para a população que usa essa rodovia, fundamental para a região”, disse.

 

Para o prefeito do município de Amambaí, Edinaldo Luis de Melo Bandeira, a obra é muito bem vinda uma vez que a rodovia é usada principalmente para quem trabalha em Coronel Sapucaia e vice-versa. “As condições da malha asfáltica dessa rodovia estavam muito ruins e as pessoas utilizam muito esse trecho. São usuários que trabalham no município vizinho, ônibus escolares, ambulâncias e tem ainda o escoamento da produção da região. Essa restauração vem sobretudo para dar mais segurança diária a esses usuários , enfim por ser uma rodovia estratégica irá beneficiar a população em todos os aspectos”, explanou.

 

A restauração da MS-289  será realizada ao longo de 39,7 quilômetros e receberá investimentos da ordem de R$ 22.688.592,01 milhões e deverá ser entregue até outubro de 2019.



Untitled Document
Últimas Notícias
Sesi destaca melhoria na gestão de SST com eSocial
Chuva desacelera ritmo da moagem de cana na segunda quinzena de setembro
Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia, diz presidente do STF
Untitled Document