Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 16 DE AGOSTO DE 2018
07 de AGOSTO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Lojas de material de construção ampliam vendas

Após obstáculos, setor comemora alta de 4% no ano
Pequena recuperação foi sentida nas lojas da Capital, mesmo com as dificuldades (Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado)

Após um início de ano complicado, o varejo do material de construção em Campo Grande e também em várias cidades de Mato Grosso do Sul registrou crescimento de 3% nas vendas no mês de julho, na comparação com o mês de junho. Já no acumulado do ano, o setor apresenta alta de 4% sobre o mesmo período de 2017. Nos últimos 12 meses, o avanço é de 7%.

 

Os números constam de levantamento da Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco) e dão sinal de uma retomada na comercialização neste segmento, que esbarrou em obstáculos que dificultaram um crescimento econômico. A greve dos caminhoneiros, em maio, a alta do dólar e os jogos da Copa do Mundo, nos últimos dois meses, foram alguns acontecimentos que desaceleraram as vendas. 

 

Os dados refletem a realidade em Campo Grande e em Mato Grosso do Sul, de acordo com informações da Associação do Comércio Varejista de Materiais de Construção de Mato Grosso do Sul (Acomac-MS) e do Sindicato do Comércio Varejista de Material de Construção de MS (Sindiconstru). “É uma recuperação sentida aqui. Pode parecer algo pouco, mas, diante da situação em que o País se encontra hoje, esses 3% são de grande importância”, explica Mario Sérgio Marinho, diretor-executivo das duas entidades, citando preços promocionais e crédito atrativo como justificativas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Artista plástico de MS constrói parque de diversões com sucata no quintal de casa
Homem morre ao volante do carro em Dourados
Feridos em explosão na UFRJ estão fora de risco
Untitled Document