Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2019
26 de ABRIL de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Mais belos índios serão escolhidos sábado

Jovens entre 15 e 23 anos que se inscreveram no concurso
Rafaela Dorneles é uma das candidatas ao título de Miss Indígena de Dourados - Foto: Associação de Jovens Indígenas

A Associação de Jovens Indígenas de Dourados (AJI) realiza na noite deste sábado, no espaço de eventos da Escola Municipal Tengatui Marangatu, os mais belos representantes das etnias Guarani, Caiuá e Terena que vivem no município.

 

Os jovens entre 15 e 23 anos que se inscreveram no Concurso Miss e Mister Indígena de Dourados versão 2018 participaram de uma seletiva no dia 21 de abril, quando foram escolhidos os representantes de cada etnia e de cada escola das aldeias Jaguapiru, Bororo e Panambizinho.

 

O concurso, que acontece anualmente, conta com o apoio de toda a comunidade indígena, da Fundação Nacional do Índio (Funai), do Grupo Juntos Somos Fortes e do Grupo de Apoio aos Jovens Indígenas do Mato Grosso do Sul (GAPK).

 

Este ano, segundo os organizadores, o local do evento, que sempre foi no ginásio de esporte da Vila Olímpica, teve que ser mudado para a Escola Tengatui por causa da interdição do antigo local por questões de segurança.

 

Uma das candidatas ao título de mais bela indígena de Dourados é a estudante Rafaela Martins Dorneles. Pertencente a etnia Guarani, Rafaela tem 18 anos e pretende cursar Direito para atuar como promotora de Justiça.

 

“Temos que manter a nossa cultura viva para vencer os preconceitos e construirmos uma sociedade mais justa”, disse a candidata.



Untitled Document
Últimas Notícias
Reinaldo Azambuja debate prioridades de MS com ministros de Bolsonaro
Inscritos no Mais Médicos têm novas datas para selecionar municípios
Prefeito Izauri assina contratos na Caixa para aquisição de maquinários
Untitled Document