Untitled Document
SÁBADO, 21 DE ABRIL DE 2018
22 de MARÇO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Farmácias terão que receber medicamentos vencidos e antibióticos em MS

Na semana passada, outro veto foi rejeitado pelos deputados

Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul reagiram e derrubaram outro veto do Executivo durante a sessão desta quinta-feira (22).

Benzetacil é um dos antibióticos que não devem ser descartados de forma incorreta (Foto: Divulgação)

Desta vez, diz respeito ao projeto de autoria do deputado Paulo Siufi (PMDB) que obriga farmácias e drogarias a terem coletores de medicamentos.

 

O projeto foi vetado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), mas os deputados não aceitaram e, por unanimidade, derrubaram o veto.

 

Não é a primeira vez que isto ocorre. Na sessão da última quarta-feira (14), o veto total do Executivo ao projeto de lei que obriga Unidades de Terapia Intensiva em Mato Grosso do Sul a terem um profissional de odontologia foi derrubado pelos deputados, incluindo os da base aliada do governo.

 

Os parlamentares já cobravam dos colegas de plenário que isto acontecesse. “Não podemos engolir todos os vetos do governo, temos que reagir”, disse Siufi.

 

Em relação ao projeto, o autor explicou que  “a maioria das pessoas joga o antibiótico vencido na pia do banheiro e esse medicamento vai para o lençol freático, contaminando a vida de muitos”, disse. Ele também falou que outros estados já têm essa lei. “Só Mato Grosso do Sul que não”, finalizou.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mutirão de limpeza em Navirai recolhe 200 toneladas de entulho
Você pode ter direito a quase R$ 10 mil para reformar sua casa
TRE-MS encerra hoje inscrições de processo seletivo para estágio
Untitled Document