Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2018
19 de MARÇO de 2018 | Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Semana do Artesão é aberta com Feira e Sarau das Artes

Evento acontece na capital do Mato Grosso do Sul.
A Semana do Artesão vai até o dia 24 de março com muitas atrações (Foto: Divulgação)

Foi aberta na manhã de ontem (18/03), na Cidade do Natal em Campo Grande-MS, a 11ª Semana do Artesão, com muita música, apresentações de dança, recitação de poesias, gastronomia e cerca de 120 artesãos expondo e comercializando seus produtos em 30 estandes.

 

O superintendente de Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, Ricardo Maia, representou o secretário Athayde Nery. A presidente da Associação Internacional de Poetas, Delsniève Daspet, entregou a medalha de mérito poético à secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brum, e agradeceu a todos os parceiros do evento que vieram expor sua arte. “Vieram vários músicos oferecer sua arte. O pessoal da dança, do teatro, no decorrer do dia farão várias apresentações para homenagear os artesãos”.

 

A secretária, Nilde Brum, disse que se sentiu lisonjeada com a homenagem. “Hoje começamos uma semana de eventos em homenagem aos artesãos. Olhem a programação e estejam conosco nos eventos. o artesanato nos faz ir para todos os cantos deste mundo”.

 

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad, falou da importância de utilizar os espaços da cidade. “Quando assumimos a Prefeitura, disse que nós temos que fazer com que Campo Grande tenha orgulho da Cidade do Natal. Depois que reorganizamos o espaço, veio a ideia de usar essa área todos os meses do ano. Hoje estamos vendo, pela primeira vez, este espaço dedicado a vocês artesãos e aos poetas. Pretendemos que uma vez por mês, aos domingos de manhã, Campo Grande possa ter aqui a Feira dos Artesãos. Vamos transformar este espaço, uma vez por mês, para que os artesãos possam vender seus produtos. Parabéns a vocês que com seus dons transformam materiais em obra-prima. Obrigado ao Governo do Estado pela parceria e um abraço a todos vocês”.

 

Ao final da solenidade de abertura, a presidente do Sindicato dos artesãos, Jane Clara Arguelho, entregou a medalha de Honra ao Mérito ao prefeito Marcos Trad e à secretária municipal de Cultura e Turismo, Nilde Brum.

 

Presente ao evento, a artesã Bia Barros, representante das seis associações parceiras: AME, Artems, Uniarte, Proarte, Sindicato dos Artesãos e API, afirmou que este ano a Semana do Artesão está especial por completar cinco anos da promulgação da lei que institui a Semana Estadual do Artesanato e o Dia Estadual do Artesão, comemorado em 19 de março. “Este ano vai ser um dos melhores porque vamos ter noite cultural, homenagem aos 21 artesãos na Casa do Artesão, mostrando os que se destacaram durante o ano, oficinas de cerâmica e ecobag, vamos inaugurar uma loja de artesanato no Shopping Norte-Sul Plaza, uma exposição no Pátio Central até o dia 22, a Medalha Conceição dos Bugres, este ano, teve adesão de quase 90% dos deputados, que indicaram homenageados. Esta feira aqui na Cidade do Natal é resultado de uma luta, estávamos solicitando este espaço. O secretário Athayde, tudo que ele prometeu está cumprindo, pintou a Casa do Artesão para nós. Nosso povo está muito feliz, só tem a agradecer o suporte do Governo, Prefeitura, Sesc e as Associações, que vem ao encontro do crescimento do nosso setor”.

 

Um dos expositores, o artesão Jonas Ferreira Caminha, trabalha há 40 anos com couro, madeira, semente, tear e metal, produzindo miniaturas dentro da garrafa, colares, brincos, cintos, bolsas e carteiras. Ele nasceu em Belém mas vive em Campo Grande. Para ele, viver da arte é “muito bom”. “Gostei da infraestrutura aqui da Cidade do Natal. Já passou da hora de Campo Grande ter feiras no segmento do artesanato. Campo Grande é um palco poderoso porque somos corredores pro Mercosul, é um celeiro maravilhoso, gosto aqui desse Estado”.

 

O artesão Júlio Horta trabalha há 15 anos com a técnica de entalhe em madeira, tudo manual, sem a utilização de máquinas. Ele produz mesas rústicas e peixes decorativos. Quando passou a ser bombeiro da reserva, em 2012, passou a se dedicar exclusivamente ao artesanato. “Nasci amando a arte desde quando era um embrião no ventre da minha mãe. Devo tudo para Jesus, por isso acordo com arte, respiro arte e durmo com arte. Afinal, a vida é uma arte. Esta feira é uma oportunidade de mostrarmos nosso dom e também comercializar nossos produtos e divulgar nosso Estado”.

 

Andrea Lacet deixou o trabalho de psicóloga para se dedicar exclusivamente ao artesanato depois que fez Faculdade de Design de Interiores. Ela trabalha profissionalmente há oito anos e gradualmente foi se programando para deixar o trabalho de psicóloga e se dedicar somente à arte. Ela produz as “peruas de cerâmica”, que são bonecas caricaturais feitas a partir de fotografias, os “estribados”, que são os maridos das peruas. Ela explica que “peruas’ e “estribados” são expressões nordestinas, pois ela veio do Recife para Campo Grande há 34 anos. Andreia produz também cubas para banheiro, moringas, copos, potinhos e saboneteiras. “Eu fui psicóloga por 22 anos. Tinha uma profissão estável, mas depois que descobri a cerâmica não faço outra coisa. É um mundo muito diferente, viajo pelas feiras, encontro pessoas diferentes. Não é algo em que ganho ais, mas me divirto mais. A Semana do Artesão é uma oportunidade de mostrar para a cidade que a gente produz coisas muito diferentes, de reunir a todos nós, e de mostrar que você não precisa sair pra procurar outras coisas”.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora Ivonete de Naviraí já está em São Paulo para cerimônia do Prêmio Educador Nota Dez 2018
Osorio chama cinco do futebol brasileiro para período de treinos no Paraguai
Prefeitura de Naviraí fará audiência pública para apresentação de relatório fiscal
Untitled Document