Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2018
07 de FEVEREIRO de 2018 | Fonte: Correio do Estado

Motociclistas representam 77% das indenizações do DPVAT no Estado

Dados fazem parte do Relatório Anual da seguradora Líder
Ao todo, 285.662 motociclistas foram indenizados em 2017 - Foto: Valdenir Rezende/Correio do Estado

Mesmo representando 30% da frota de veículo de Mato Grosso do Sul, as motocicletas e ciclomotores são responsáveis pelo maior número de acidentes e vítimas, somando 5.772 indenizações no seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) no Estado, no ano de 2017. O valor representa 77% dos sinistros pagos. Os dados fazem parte do Relatório Anual da Seguradora Líder, responsável pelo seguro obrigatório.

 

De acordo com o relatório, Mato Grosso do Sul segue a mesma linha da estatística nacional, onde as motos são responsáveis por 285.662 indenizações no seguro em 2017, representando 74% dos sinistros pagos.

 

No total, foram 7.454 indenizações pagas às vítimas de acidentes no Estado. O relatório aponta ainda que o período das 17h às 19h59 é onde ocorrem mais acidentes em Mato Grosso do Sul.

 

O número de indenizações pagas aos familiares dos que morreram no trânsito brasileiro cresceu 23% em 2017, segundo o levantamento. O “destaque” nas mortes fica com São Paulo que, seguido por Minas Gerais e Ceará, estão no topo da lista com maior número de sinistros pelo segundo ano consecutivo.

 

No ano passado, mais de 380 mil indenizações foram pagas nos três tipos de cobertura oferecidas pelo Dpvat: morte, invalidez permanente e despesas médicas. Em comparação com as estatístiacs de 2016, houve queda de 12%. Foram 430 indenizações naquele ano.

 

Ainda conforme o relatório, os homens representam 70% das indenizações pagas por acidentes no Estado. A faixa etária entre 24 e 34 anos é a mais afetada.

 

FRAUDE

Outro dado do relatório fala do combate a fraudes. Somente em 2017, segundo a seguradora, foram evitadas perdas de R$ 222,9 milhões referentes a 17.550 tentativas comprovadas de fraudar o seguro obrigatório para recebimento de indenizações. O montante de fraudes evitadas em 2017 é 85% superior ao identificado em 2016.



Untitled Document
Últimas Notícias
Caminhão roubado é encontrado em Juti com 274 quilos de maconha
Possível contratação de Vagner Love divide Flamengo
Pesquisa da CNI mostra que 76% das indústrias investiram em 2017
Untitled Document