Untitled Document
DOMINGO, 20 DE JANEIRO DE 2019
01 de FEVEREIRO de 2018 | Fonte: Campo Grande News

Onça-parda que virou celebridade já voltou para a natureza

A onça-parda resgatada ontem (31) após passar 24 horas em um pé de jaca em Dourados, a 233 km de Campo Grande, já foi devolvida para a natureza. Após ser capturado por técnicos do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), policiais ambientais e homens do Corpo de Bombeiros, o felino foi examinado no laboratório do curso de veterinária da Unigran e em seguida solto.

Onça sendo examinada ontem no laboratório da Unigran, em Dourados (Foto: Divulgação)

O local onde a onça foi solta não foi revelado por medida de segurança do animal, mas informações extraoficiais revelam que a onça foi deixada numa mata de uma fazenda a 80 quilômetros de Dourados.

 

A onça-parda foi vista pela primeira vez na manhã de terça-feira (30) por um menino que brincava na rua na Vila Rosa, região norte da cidade. Em seguida o animal se assustou coma presença de pessoas e subiu no pé de jaca e ficou a pelo menos 15 metros de altura.

 

O resgate levou dois dias e só foi concluído no início da tarde de ontem por técnicos do Cras que vieram de Campo Grande para fazer a captura. Pelo menos 11 dardos com tranquilizantes foram disparados na onça até que o animal caiu sobre a rede de proteção e foi capturado.

 

O médico veterinário Namor Pinheiro Zimmermann, doutor em ciência animal e professor da disciplina de animais silvestres no curso de veterinária da Unigran que acompanhou o atendimento, disse que se trata de um macho saudável, na transição da juventude para a idade adulta.

 

Segundo ele, além da conhecida redução do habitat natural, outros fatores contribuíram para a onça chegar ao perímetro urbano, pois essa espécie ocupa um vasto território. Por ser um jovem macho, pode ter sido expulso do espaço ocupado por outro maior e mais forte.



Untitled Document
Últimas Notícias
Promoção 28 Anos dos Supermercados Chama distribuiu 130 mil cupons
Sob efeito do álcool, afogamentos são comuns até para quem sabe nadar
Inscrições para professor temporário do Estado encerram neste domingo
Untitled Document