Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 19 DE JANEIRO DE 2018
28 de DEZEMBRO de 2017 | Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Governador envia equipe da Defesa Civil para avaliar estragos da chuva em Porto Murtinho

Nos últimos quatro dias choveu 340 milímetros no município, o que provocou o alagamento de parte do bairro Cohab. A água tomou conta completamente de 76 residências.
Após as fortes chuvas, casas permanecem alagadas em bairro de Porto Murtinho (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, o Coordenador Estadual de Defesa Civil (Cedec), coronel Isaías Bittencourt, está desde o início da manhã desta quinta-feira (28/12) com equipe em Porto Murtinho, fazendo levantamento dos estragos provocados pela chuva, que deixou 63 pessoas desabrigadas e cerca de 300 moradores desalojados. Ontem o prefeito municipal, Derley Delevatti, decretou situação de emergência no município. “A Defesa Civil vai fazer o levantamento para que o atendimento às famílias desabrigadas seja feito rapidamente. A nossa preocupação é para que essas pessoas não fiquem desamparadas, nesse momento em que tiveram que deixar suas casas por causa da chuva”, afirmou o governador.

Estragos provocados pela chuva deixou 63 pessoas desabrigadas e cerca de 300 moradores desalojados (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Acompanha o trabalho da Cedec os deputados federais Zeca do PT e Vander Loubet, e o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, que foi representando o governador. De acordo com o prefeito da cidade, de quinta a segunda-feira choveu 340 milímetros, o que provocou o alagamento de parte do bairro Cohab. A água tomou conta completamente de 76 casas. As 63 pessoas desabrigadas estão sendo atendidas pela Prefeitura no Centro de Múltiplo Uso. Os desalojados foram para casas de parentes.

 

Delevatti disse que a chuva deu uma trégua desde ontem e as águas começaram a baixar. Mesmo assim, os moradores estão sendo orientados a não voltarem para suas casas ainda, já que a previsão é ocorrência de chuva na região até o próximo dia 3.

A água tomou conta completamente de 76 casas (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)


Untitled Document
Últimas Notícias
CNH Digital já está disponível em Mato Grosso do Sul
Sétimo lote do abono salarial 2016 começa a ser pago hoje
Avaí vence e elimina o Corinthians
Untitled Document