Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO DE 2017
07 de NOVEMBRO de 2017 | Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Governo lança 3ª Campanha de doação de brinquedos nesta quarta

Campanha objetiva arrecadar brinquedos novos ou em bom estado de conservação para presentear crianças carentes neste Natal.

Para estimular o espírito de solidariedade entre os servidores públicos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), lança nesta quarta-feira (8.11), às 9h, no auditório da Governadoria, a 3ª Campanha de Doação de Brinquedos – Divida a Brincadeira, que objetiva arrecadar brinquedos novos ou em bom estado de conservação para presentear crianças carentes neste Natal. O evento contará com a participação da primeira-dama, Fátima Azambuja.

Em duas edições, a campanha arrecadou 13,4 mil brinquedos que foram repassados para 40 entidades (Foto: David Majella)

Para o secretário da pasta, Carlos Alberto de Assis, responsável pela organização da campanha, é importante que a administração ofereça oportunidade para o servidor demonstrar o lado humano, o espírito de solidariedade. “O servidor é peça importante deste governo, e deve ser inserido nas ações sociais. É mais uma grande campanha para humanizar as ações do Governo mobilizando o servidor e sua família. Uma ação simples que fará a diferença na vida de muitas crianças”, afirma.

 

A Campanha começará a recolher doações a partir do lançamento e segue até 5 de dezembro. Para participar o servidor poderá levar os brinquedos até os postos de coleta que estarão disponíveis em todas as secretarias de Estado e nos demais órgãos públicos.

A campanha irá recolher doações a partir do lançamento e segue até 5 de dezembro  (Foto: David Majella)

Os brinquedos arrecadados serão entregues para instituições carentes. Nos últimos dois anos, 13,4 mil brinquedos foram arrecadados entre os servidores estaduais e repassados a 40 entidades assistenciais de todo Estado.



Untitled Document
Últimas Notícias
Fiems disponibiliza treinamento sobre gestão de SST na era do e-Social para as indústrias
Maioria do STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares
Novo texto da reforma mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres
Untitled Document