Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 19 DE ABRIL DE 2019
27 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Agência EFE

Catalunha declara sua independência da Espanha

Senado está reunido para destituir o presidente catalão e suspender temporariamente a autonomia da região.

Os parlamentares catalães aprovaram, em votação secreta, a independência da Catalunha. Foram 70 votos a favor, dez votos contrários e dois em branco. A oposição havia se retirado do plenário minutos antes e se absteve de votar. A decisão aconteceu aproximadamente às 15h30 no horário europeu (11h30 no horário de Brasília).

 

De um lado, havia os que defendiam o referendo e a separação da Espanha; de outro, os que culpam o líder catalão, Carles Puigdemont, de ter prejudicado enormemente a economia da região e de forçar uma independência que não é a escolha da maioria da população.

 

Senado de Madri está reunido

Já em Madri, o Senado está reunido desde o início da manhã de hoje (27/10) para votar a aplicação do artigo 155 da Constituição espanhola, que deve destituir o presidente catalão e suspender temporariamente a autonomia da região.

 

De acordo com o presidente espanhol, Mariano Rajoy, é inevitável a imediata aplicação do dispositivo pois a situação é excepcional e o objetivo é proteger a Catalunha. Após a divulgação da declaração unliateral de independência por parte dos separatistas, Rajoy pediu tranquilidade aos cidadãos espanhóis e afirmou que a situação voltará à legalidade.



Untitled Document
Últimas Notícias
Ex-presidente do Peru, Alan García se suicida após receber ordem de prisão no caso Odebrecht
Quadrilha usava avião para traficar cocaína de MS para SP
Cursos em diversas áreas são opções de qualificação no Senac de Naviraí
Untitled Document