Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 23 DE OUTUBRO DE 2018
25 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: G1

Bandeira tarifária de energia passará de R$ 3,50 para R$ 5

Reajuste de 42,8% do patamar 2 da bandeira vermelha valerá já para o mês de novembro. Proposta da Aneel, no entanto, também passará por consulta pública, onde pode ser alterada.

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (24) um aumento de 42,8% para o valor do patamar 2 da bandeira tarifária vermelha. De acordo com o Portal G1, com esse reajuste, a taxa extra cobrada nas contas de luz quando essa bandeira é acionada passará de R$ 3,50 para R$ 5,00 a cada 100 kWh consumidos.

 

Segundo a decisão da Aneel, o novo valor passará a valer já a partir de novembro. Entretanto, se trata de uma proposta que passará por audiência pública e poderá ser alterada em uma votação posterior à audiência.

 

O diretor da Aneel Tiago Correia, explica que a aplicação imediata do novo valor vai evitar um déficit ainda maior na conta que arrecada os recursos das bandeiras tarifárias, que já registra prejuízo, segundo disse ao G1.

 

Nesse momento, a estiagem atinge os reservatórios das principais hidrelétricas do país e ao longo de outubro já está valendo o patamar 2 da bandeira tarifária vermelha. Neste mês, o valor da bandeira inda será de R$ 3,50 para cada 100 kWh consumidos

 

A proposta da agência reguladora manteve em R$ 3,00 o valor do patamar 1 da bandeira vermelha. Já a taxa da bandeira amarela cairá pela metade, de R$ 2 para R$ 1 a cada 100 kWh consumidos.



Untitled Document
Últimas Notícias
Com novo nome, Polícia Municipal vai abrir 350 vagas para concurso em Campo Grande
Morador de rua é preso suspeito de tentar matar jovem com pedaço de concreto em MS
Bolsonaro: saúde deve ter base informatizada
Untitled Document