Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 21 DE JUNHO DE 2018
17 de OUTUBRO de 2017 | Fonte: Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Bombeiros e PMA atuam para controlar incêndio no Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema

A estimativa do Imasul é de que, até o momento, as chamas tenham destruído 5 mil hectares de vegetação.
Local onde o fogo avança é de difícil acesso e o vento forte dificulta o trabalho (Foto: Divulgação)

Duas equipes formadas por nove militares do Corpo de Bombeiros de Fátima do Sul, Naviraí, Nova Andradina e Ivinhema trabalham para controlar as chamas que atingem o Parque Estadual das Várzeas do Rio Ivinhema. O incêndio, provocado por causas naturais, teve início na sexta-feira (13.10) na região do Parque.

 

Ao tomar conhecimento do fogo, o guarda-parque do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) que atua no local acionou os bombeiros de Fátima do Sul, que foram ao Parque no sábado (14/10). A área atingida pelas chamas é distante da sede da Unidade de Conservação e de difícil acesso. Entre domingo e ontem (16/10), mais militares foram designados para o controle do incêndio e atuam sob o comando do tenente Henrique, do Corpo de Bombeiros de Dourados. Também ontem, a Polícia Militar Ambiental (PMA) destacou homens para auxiliar nos trabalhos na região.

 

A estimativa do Imasul é de que, até o momento, as chamas tenham destruído 5 mil hectares de vegetação. O trabalho de controle do incêndio continua no Parque, a fim de evitar que o fogo avance em outras direções. Segundo os militares, a distância, o difícil acesso e o vento forte dificultam o trabalho. A expectativa é de que a chuva prevista para cair entre quarta e quinta-feira contribua para o efetivo controle das chamas.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mulher morre em batida entre carro e caminhão em rodovia de MS
MS fica a um passo da universalização do saneamento
Rival do Corinthians na Libertadores pode ser o novo destino de Lucas Barrios
Untitled Document