Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE AGOSTO DE 2017
12 de JUNHO de 2017 | Fonte: Correio do Estado

Pente-fino cancela 3.074 benefícios do bolsa família em Mato Grosso do Sul

Investigação do MPF começou ano passado.
Foto: Divulgação

Do total de 8.433 cadastros do Bolsa Família suspeitos de irregularidades em Mato Grosso do Sul, 3.074 (o mesmo que 36,4%) foram cancelados. A medida faz parte do pente-fino realizado pelo Ministério Público Federal (MPF), a pedido do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), em todo o Brasil. Entre os problemas identificados, há beneficiados que eram empresários, doadores de campanha e até falecidos.

 

Em MS, os mais de oito mil cadastros suspeitos teriam recebido pelo menos R$ 28.154.364,00 entre 2013 e maio de 2016, quando o raio X dos benefícios começou. A previsão é de que os cancelamentos reduzam o valor pago mensalmente, mas o MPF não informou quanto já foi possível economizar os mais de três mil cadastros cancelados.

 

Somente em Campo Grande, ocorreram 2.325 cancelamentos e outras 461 famílias estão com o recebimento do benefício bloqueado e com cadastro ainda em análise. O segundo município com maior número de cancelamentos é Aquidauana, onde 174 famílias deixaram de receber o Bolsa Família.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora é agredida por aluno após expulsá-lo de sala de aula
Onevan formaliza a ministro pedido para implantação de novo curso na UFMS de Naviraí
Programa Vale Renda promove ações conjuntas em Naviraí
Untitled Document