Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 20 DE OUTUBRO DE 2017
01 de JUNHO de 2017 | Fonte: G1-MS

Presentes e comemorações do Dia dos Namorados devem movimentar R$ 160 milhões em MS

Dados são de pesquisa do IPF e Sebrae/MS divulgada nesta quinta-feira (1º). Levantamento revelou que 44,65% dos entrevistados pretendem comprar presentes.
Pesquisa do IPF e Sebrae/MS aponta que se confirmadas as projeções, deve ocorrer este ano um aumento de 23,4% no valor movimentado com compras para o Dia dos Namorados (Foto: Reprodução/TV Morena)

A compra de presentes e as celebrações do Dia dos Namorados, que é comemorado no dia 12 de junho, devem movimentar R$ 160 milhões na economia de Mato Grosso do Sul. Segundo levantamento de intenção de consumo, divulgado nesta quinta-feira (1º) pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio-MS (IPF) e o Sebrae/MS, desse valor, 61,72%, o equivalente a R$ 98,49 milhões, serão destinados a gastos com a aquisição de mimos para entes queridos e 38,28%, R$ 61,08 milhões, com festejos da data.

 

As instituições responsáveis pela pesquisa apontam que se confirmadas essas projeções, deve ocorrer este ano um incremento de 23,4% no valor gasto com presentes em relação ao mesmo período do ano passado. Esse aumento, de acordo com as entidades, é mais uma sinalização da recuperação efetiva da economia do país. Entretanto, em razão do momento de instabilidade ainda não ter sido totalmente superado, recomendam que sejam redobradas estratégias empresariais voltadas ao entendimento dos gostos, preferências e pretensões de gastos dos potenciais consumidores para assegurar a continuidade dos empreendimentos.

 

O levantamento foi feito com 2.148 entrevistas, entre os dias 11 e 23 de maio, em 13 cidades do estado: Aparecida do Taboado, Aquidauana. Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Ladário, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

 

A pesquisa revelou que 44,65% dos entrevistados disseram que têm a intenção de comprar presentes para o Dia dos Namoradores. Entre as principais preferências para a compra se destacaram: roupas, com 26,92%; perfumes e cosméticos, com 21,27% e calçados, com 12,24%. Entre os que não vão fazer nenhuma aquisição em razão da data, 60,09% deles apontaram como motivo o fato de não estarem em um relacionamento.

 

Das pessoas que vão comprar mimos para entes queridos, a maioria, 33,43%, revelou que a intenção é gastar entre R$ 51 e R$ 100. Outros 18,58% adiantaram que a meta é investir de R$ 151 a R$ 200 e 17,24% de R$ 101 a R$ 150. Os locais de compra mais citados no levantamento foram as lojas do centro da cidade, 74,69%, seguido depois pelos shoppings e internet, com 5,66%, e as lojas de bairro, 3,64%.

 

A maior parte deixará as compras para a semana da data comemorativa, 71,96%, antes de fazer a aquisição, 77,42% afirmaram que vão fazer pesquisa de preços, e 66,60% têm a intenção de fazer o pagamento em dinheiro. Entre os elementos que vão definir a compra, 39,97% dos entrevistados revelaram que estão a qualidade, o diferencial e o design dos produtos, e 31,31% apontaram a questão do preço.

 

Em relação as comemorações da data, 43,76% dos pesquisados disseram que vão participar de celebrações. Passeios, com 22,39%; restaurantes, com 31,91% e alimentação em casa, com 21,18%, estiveram entre as preferências de atividades para o Dia dos Namorados. Quase metade dos entrevistados, 46,33%, apontou que o objetivo é gastar nas festividades entre R$ 51 e R$ 100. Os fatores determinantes para a escolha dos locais serão, principalmente, o clima romântico (23,61% e a tradição (22,15%).



Untitled Document
Últimas Notícias
Izauri assina contrato para construção de 59 casas no Interlagos II
Empreendedores de Maracaju recebem curso de gestão financeira
Jogos entre brigadistas ocorre neste sábado na Copasul
Untitled Document