Untitled Document
DOMINGO, 20 DE JANEIRO DE 2019
15 de MAIO de 2017 | Fonte: Agência EFE

Atos do Dia contra a Homofobia são cancelados no Líbano

A ONG libanesa Proud (Orgulho) cancelou hoje (15/05) os atos programados para o Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia, comemorado na próxima quarta-feira (17/05), temendo pela segurança dos participantes depois das ameaças recebidas.

 

O co-fundador e diretor da ONG, Bertho Makso, disse que o hotel reservado para a organizar do evento, o mesmo usado em anos anteriores, cancelou a estadia alegando que o grupo não é bem-vindo.

 

"Nem as autoridades, nem grupo algum nos procurou para dizer a razão de proibirem o evento, mas as pressões eram tantas que o hotel se viu obrigado a anular a reserva", relatou Makso à Agência EFE.

 

Ele disse que a ONG foi alvo de uma "intimidações, pressões e ameaças de vários tipos e não só por parte de extremistas muçulmanos". O diretor acusou às autoridades de "fracassar" em seu dever de proteger as minorias e de "ceder" a grupos conservadores.

 

"Fomos obrigados a cancelar a comemoração por temer a segurança dos participantes", disse Makso, assegurando que, apesar de cancelar o evento, o grupo continuará "a luta" para ter reconhecidos os direitos civis dos homossexuais.

 

Como parte da programação, o Proud publicaria um relatório sobre a tortura e os abusos que o coletivo LGBT sofre no Líbano, exibiria um documentário e apresentaria uma peça teatral sobre o tema.

 

Várias organizações muçulmanas criticaram nas redes sociais e em meios de comunicação a comemoração do Dia Internacional contra a Homofobia.



Untitled Document
Últimas Notícias
Promoção 28 Anos dos Supermercados Chama distribuiu 130 mil cupons
Sob efeito do álcool, afogamentos são comuns até para quem sabe nadar
Inscrições para professor temporário do Estado encerram neste domingo
Untitled Document