Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 26 DE JANEIRO DE 2021
12 de JANEIRO de 2021 | Fonte: TV Morena

Sete suspeitos de integrarem facção criminosa são mortos em confronto com a polícia

Ação foi em Ponta Porã, na região de fronteira com o Paraguai.
Carros apreendidos durante ação policial na fronteira (Foto: Mauro Almeida/TV Morena)

Sete suspeitos de integrarem uma facção criminosa foram mortos em confronto com a polícia na noite de segunda-feira (11/01), em Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense vizinha a Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

 

A polícia recebeu informações de que bandidos do PCC estariam escondidos em uma residência da cidade e foi ao local. Lá, havia oito homens, que receberam policiais civis a tiros. Houve confronto e seis homens morreram no local e dois fugiram.

 

O confronto na casa envolveu policiais civis de Ponta Porã e da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestro (Garras), que avisaram militares do Departamento de Operações da Fronteira (DOF) sobre a fuga de dois suspeitos.

 

Policiais do DOF então localizaram os dois bandidos que tinham fugido, houve uma nova troca de tiros e um criminoso morreu.

 

Além das sete mortes, a ação resultou na apreensão de sete armas, sendo dois fuzis e cinco pistolas. Três carros foram apreendidos: dois brasileiros e um paraguaio.

 

A polícia agora trabalha para identificar os mortos, pois há suspeitas de que alguns estariam usando documentos falsos.

 

Há suspeitas de que a presença dos criminosos na casa tenha relação com a tentativa de resgate de um brasileiro integrante do PCC, na delegacia de Pedro Juan Caballero, na noite de domingo, 10 de janeiro.



Untitled Document
Últimas Notícias
Vasco se impõe em São Januário e vence o Atlético-MG
Governo do MS repassou R$ 3,3 bilhões aos 79 municípios em 2020
São Paulo vê Coritiba empatar, e Inter pode se distanciar na ponta
Untitled Document