Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 26 DE NOVEMBRO DE 2020
11 de SETEMBRO de 2020 | Fonte: Midiamax

Delegado de Naviraí é nomeado titular da Decor, especializada contra corrupção

Nas redes sociais, agente comemorou nomeação já no mês passado.
Delegado Thiago Lucena, novo titular da Decor (Reprodução/Facebook)

O delegado Thiago Lucena e Silva foi nomeado como titular da nova Delegacia Especializada em Combate à Corrupção (Decor). A portaria foi publicada na edição de quarta-feira (10/09) do Diário Oficial Eletrônico (DOE).

 

Lucena estava lotado na 1ª Delegacia de Polícia Civil (DP) de Naviraí. Ele se graduou na Acadepol (Academia de Polícia Civil Delegado Júlio César da Fonte Nogueira) em 2014. Começou a carreira em Iguatemi, com passagem por Eldorado. Em uma publicação na rede social Facebook, ele comemorou a nomeação no dia 16 de agosto.

 

Ele agradeceu a diretora do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado), Ana Cláudia Medina, e o delegado-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas.

 

“Muito honrado e privilegiado por essa oportunidade. Também agradeço aos meus colegas policiais civis de Naviraí e de todas as outras instituições com as quais cooperamos para garantir a segurança do Município”, escreveu.

 

Delegacias

Serão vinculadas ao Dracco as delegacias de Combate ao Crime Organizado e de Combate à Corrupção. Ambas terão um cartório central e uma seção de investigação geral. O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, explicou que uma das delegacias já existe e a outra está sendo criada. “Esse decreto regulamenta o funcionamento do Dracco e cria a Delegacia Especializada de Combate à Corrupção, a Decor, e altera a subordinação da já existente Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado [Decco], que sai do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e vai para o Dracco”.

 

Também foi criada a Seção de Operações Aéreas da Polícia Civil, que será responsável pela gestão e operação das atividades aéreas de segurança pública no âmbito da instituição e o Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro (LAB/LD), que assim como a Decco migrou para a estrutura do novo Departamento da Polícia Civil.

 

O Dracco contará ainda com diretoria; coordenadoria de operações com seções de Análise Criminal e Operações e de Assessoramento Especializado, Tecnologia Cibernética e Telemática; coordenadoria de administração, com seção de Expediente e Apoio Administrativo; e laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro (LAB/LD), com seção de Análise de Dados e de Tecnologia da Informação.

 

A instalação de unidades dedicadas exclusivamente ao combate à corrupção é um dos critérios que o governo Federal leva em conta ao calcular os percentuais do Fundo Nacional de Segurança Pública a que cada unidade da federação tem direito.

 

Conforme portaria publicado no Diário Oficial da União (DOU), 5% do fundo será rateado entre as unidades da federação que fomentarem a criação e efetivo funcionamento, nas Polícias Civis, de unidades dedicadas exclusivamente ao combate à corrupção.



Untitled Document
Últimas Notícias
Maradona morre aos 60 anos na Argentina
Mesa Diretora da ALEMS propõe análise de parecer sobre o plano do Fundersul para exercício de 2021
Hospital Regional de MS alerta sobre superlotação de leitos para pacientes com Covid-19
Untitled Document