Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 04 DE AGOSTO DE 2020
16 de JULHO de 2020 | Fonte: FIEMS/DICOM

Fiems doa 38 mil máscaras para indústrias sucroenergéticas distribuírem em 21 cidades

Máscaras de tecido foram doadas para a Biosul entregar às indústrias sucroenergéticas para serem distribuídas para a população.
Foto: Divulgação

Em continuidade com as ações de combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em Mato Grosso do Sul, o Sistema Fiems doou 38 mil máscaras de tecido para a Biosul entregar às indústrias sucroenergéticas para distribuírem para a população em situação de vulnerabilidade social em 21 municípios de Mato Grosso do Sul.

 

A ação foi desenvolvida por meio do Senai, responsável pela implantação e operação de uma ampla estrutura na unidade de Campo Grande, para realizar o corte industrial destas máscaras, que na quarta-feira (25/07), foram entregues pelo diretor-regional Rodolpho Caesar Mangialardo ao presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho.

 

Roberto Hollanda explicou que, desde o início da pandemia, as 18 indústrias sucroenergéticas em operação no Estado seguem um rígido protocolo de prevenção da Covid-19 e, por isso, já entregaram máscaras de uso obrigatório a todos os colaboradores.

 

Agora, essas empresas vão contribuir com a sociedade e, em parceria com os municípios e entidades locais, vão distribuir as máscaras de tecido doadas pelo Sistema Fiems às famílias carentes, idosos, comunidade indígena, profissionais da saúde e população em geral.

 

“Cada usina conta com seu próprio protocolo de atuação durante a pandemia e a Biosul também elaborou um documento e encaminhou para todas elas, com o intuito de auxiliar e também padronizar os procedimentos de prevenção”, disse o presidente da Biossul.

 

Ele completa que o objetivo agora é que este importante reforço na prevenção, que são as máscaras, chegue aos moradores das cidades onde essas usinas estão instaladas e o entorno delas.

 

O diretor-regional do Senai, Rodolpho Mangealardo, acrescentou que, além de auxiliar no combate à disseminação do novo coronavírus, as ações durante a pandemia auxiliam na movimentação de toda a cadeia produtiva da indústria local, assegurando a manutenção de empregos e renda.

 

“O Senai contratou pessoal para operacionalização das máquinas que cortam o tecido e repassa as máscaras para finalização e acabamento à indústria têxtil do Estado, que pôde manter seus funcionários. Estamos movimentando a economia local e mobilizando a cadeia produtiva da indústria em favor da saúde da comunidade”, finalizou.



Untitled Document
Últimas Notícias
Homem pelado é preso por quebrar quartos de motel
PRF apreende mais de 270 kg de maconha em pneus de caminhão
Após eliminação, São Paulo pode ter trocas para o Brasileirão
Untitled Document