Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 03 DE JULHO DE 2020
10 de JUNHO de 2020 | Fonte: Correio do Estado

Policiais civis são executados durante resgate de preso em Campo Grande

Policiais eram da Derf e faziam transporte de um preso, quando criminosos em outro veículo atiraram.
Policiais foram executados em Campo Grande (Foto: Álvaro Rezende/ Correio do Estado)

Dois policiais civis, lotados na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), foram executados a tiros na tarde desta terça-feira (09/06), na Rua Joaquim Murtinho, bairro Itanhangá Park, em Campo Grande.  Policiais estavam em uma viatura descaracterizada, um Fiat Mobi, transportando um preso algemado e polícia trabalha com hipótese de resgate deste preso. 

 

Conforme informações preliminares apuradas pelo Correio do Estado no local, uma das suspeitas é que os policiais foram interceptados por criminosos que estavam uma SUV, próximo ao cruzamento com a Avenida Fernando Correa da Costa. Um dos criminosos conseguiu tomar a arma de um dos policiais e atirou contra os dois. 

 

Policiais, identificados como Jorginho e Antônio Marcos, foram atingidos na cabeça. Um deles morreu na hora, enquanto o outro chegou a receber os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e também morreu no local.

 

Os criminosos abandonaram a SUV e roubaram um Polo Branco, fugindo neste veículo. O preso que estava sendo transportado também fugiu, mas a polícia ainda investiga se ele foi resgatado ou aproveitou o momento para fugir sozinho a pé.  Um dos criminosos foi recapturado e equipes de diversas Delegacias de Polícia Civil, com auxílio da Polícia Militar, fazem buscas pelo outro. 

 

No local, mais de 50 de policiais civis e militares acompanham os trabalhos da perícia e levantamentos iniciais da investigações. Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal também estão no local.  

 

Trânsito está interditado no local, entre a Avenida Fernando Corrêa da Costa e Rua Bahia.



Untitled Document
Últimas Notícias
Mortes por coronavírus chegam a 105 em Mato Grosso do Sul
JBS leva mais doações a Naviraí
Lei que autoriza cesária sem motivo médico é inconstitucional, diz TJ
Untitled Document