Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 15 DE NOVEMBRO DE 2019
04 de NOVEMBRO de 2019 | Fonte: TV Morena

Motorista bêbado com criança na caminhonete é preso após fugir de blitz

Ele jogou veículo em direção aos policiais e avançou semáforos. Foram três quilômetros de perseguição.

Um homem de 32 anos foi preso na noite de sábado (02/11), no bairro Monte Castelo, em Campo Grande-MS, por dirigir embriagado, após fugir de blitz policial e ser perseguido. Ele dirigia uma caminhonete que tinha como passageiros um adulto e o filho dele de 2 anos, ambos sem nenhum dispositivo de segurança.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, a polícia fazia blitz na avenida Mascarenhas de Moraes quando por volta das 23h os militares viram uma caminhonete em alta velocidade, sinalizaram para que parasse, porém, o motorista desobedeceu e ainda jogou o veículo em direção aos policiais.

 

Houve perseguição por cerca de três quilômetros, e, de acordo com a polícia, o condutor dirigiu 'de forma perigosa, avançando vários semáforos vermelhos e colocando em risco pedestres e outros veículos".

 

Durante a abordagem, os policiais observaram que o motorista estava em visível estado de embriaguez, com forte odor etílico. Na caminhonete foram encontradas duas latinhas de cerveja abertas e com um pouco do líquido dentro.

 

Conforme a polícia, o motorista admitiu que havia tomado cerveja, mas não aceitou fazer o teste do bafômetro e os militares então fizeram o termo de constatação de embriaguez e ele acabou preso.

 

Outros casos

Ao menos outros seis motoristas foram presos por dirigirem bêbados entre a noite de sábado e manhã de domingo (3), na cidade e na rodovia, em Campo Grande.

 

Um deles, de 26 anos, bateu o carro em um coqueiro da avenida Manoel da Costa Lima, e outro, de 43, foi flagrado em zigue-zague e em alta velocidade pela BR-163.



Untitled Document
Últimas Notícias
Deputados criticam proposta da CCR MSVias e pedem cumprimento de contrato
TRF-4 alega cópia de juíza e abre brecha para Lula
Atividade econômica cresce 0,91% no 3º trimestre
Untitled Document