Untitled Document
TERÇA-FEIRA, 22 DE OUTUBRO DE 2019
14 de AGOSTO de 2019 | Fonte: Folha de Naviraí/ Jr Lopes

Naviraí registra segunda morte por Influenza A em 2019

Caso mais recente é de uma mulher que faleceu vítima da gripe Influenza H3N2 na semana passada; Um homem havia morrido vitima do Influenza H1N1 em junho; No Estado são 58 mortes registradas até o momento.
Hospital Municipal de Naviraí (Foto: Folha de Naviraí/Jr Lopes)

Dos 58 casos de óbitos provocados pelo vírus Influenza A (Gripe A) neste ano de 2019 no Mato Grosso do Sul, 02 casos foram confirmados em Naviraí. Os dados constam no boletim epidemiológico sobre o vírus Influenza, divulgado nesta quarta-feira (14/08) pela Secretaria Estadual de Saúde. Dos 58 casos confirmados no estado, 21 ocorreram em Campo Grande.

 

Dos 58 casos de óbitos confirmados de gripe A este ano no Mato Grosso do Sul, três foram provocados pelo vírus influenza H3N2 e a grande maioria pelo vírus influenza H1N1.

 

Entre 1º de janeiro e 14 de agosto, foram notificados 1.268 casos suspeitos de gripe provocada pelo vírus Influenza A no estado. Dos 1.268 pacientes tratados na rede pública de saúde do Mato Grosso do Sul neste ano, 58 vieram a óbito, o que equivale a 4,57%.

 

NAVIRAÍ

O primeiro óbito provocado pelo vírus Influenza A em 2019 na cidade de Naviraí, ocorreu no dia 11 de junho, quando um homem de 62 anos de idade, que tinha leucemia, faleceu em decorrência do vírus influenza H1N1.

 

A segunda morte causada pela gripe A neste ano em Naviraí, aconteceu no dia 06 de agosto. Uma mulher de 59 anos, que era diabética, faleceu em decorrência do vírus influenza H3N2. Segundo um dos irmãos da mulher, ela foi internada dois dias antes no no Hospital Municipal de Naviraí (HMN) e diagnosticada inicialmente com pneumonia, mas veio a óbito devido ao vírus influenza H3N2.

 

A Folha de Naviraí apurou que em 2019 [até o dia 13 de agosto] 206 pacientes foram tratados no Hospital Municipal de Naviraí com suspeitas de gripe provocada pelo vírus influenza A.

 

Destes pacientes, 121 realizaram coletas de exames que foram enviadas para o Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) em Campo Grande. Das 121 coletas, 47 deram resultados positivos e 74 negativos.

 

Dos 47 casos de gripe A que tiveram resultados positivos registrados entre 1º de janeiro e 14 de agosto de 2019 em Naviraí, 32 foram de influenza H1N1 e 15 de influenza H3N2.

 

CASOS DE 2016 EM NAVIRAÍ

A maior quantidade de óbitos registrados em Naviraí, tendo como causa o vírus influenza A, foi registrada em 2016 quando centenas de pessoas saíam às ruas usando máscaras com o intuito de se protegerem do vírus causador da gripe A.

Pessoas foram às ruas de máscara, em 2016, para se protegerem do vírus Influenza A (Foto: Folha de Naviraí/Jr Lopes/Arquivo)

Naquele ano em Naviraí foram registradas 202 notificações, com 73 resultados positivos e 07 óbitos confirmados em decorrência do vírus influenza H1N1.

 

AÇÕES DE PREVENÇÃO

Algumas ações simples são fundamentais para diminuir a circulação dos vírus da gripe A. É importante que sejam adotadas pela população os seguintes hábitos: lavar as mãos frequentemente; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir; lavar as mãos após tossir ou espirrar; evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca; ventilar os ambientes (doméstico e de trabalho); evitar visitas a hospitais; não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal; evitar aperto de mãos, abraços e beijo social; reduzir contatos desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração.



Untitled Document
Últimas Notícias
Palmeiras empata com Athletico e vê Flamengo abrir 10 pontos na liderança
Semana começa com previsão de chuva para MS
Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência
Untitled Document