Untitled Document
SEXTA-FEIRA, 06 DE DEZEMBRO DE 2019
08 de AGOSTO de 2019 | Fonte: Campo Grande News

Contra a máfia do cigarro, PF, Exército e PRF têm mandados para prender 40

Um policial rodoviário federal foi preso; segundo a PF, no curso das apurações, foram apreendidos R$ 144 milhões em contrabando
Depósito utilizado por contrabandistas em Mundo Novo (Foto: PF/Divulgação)

Operação deflagrada em Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Norte contra contrabandistas tem 40 mandados de prisão e 33 de busca e apreensão para serem cumpridos nesta quinta-feira (8). Um policia rodoviário federal foi preso.

É a segunda vez em pouco mais de uma semana que ação contra a máfia do cigarro tem PRFs como alvos. Na quarta-feira passada, dia 31 de julho, dois foram presos.

Sob o comando da PF (Polícia Federal), também estão nas ruas, equipes do Exército e da Corregedoria da PRF (Polícia Rodoviária Federal). No Estado, mandados são cumpridos em Eldorado, Mundo Novo, Japorã, Amambai, Iguatemi, São Gabriel do Oeste e Rio Brilhante. O restante tem alvos em Maringá e Umuarama, no interior do Paraná, e em Mossoró (RN).

A quadrilha alvo, segundo as investigações que começaram em 2018, tem núcleo no Estado e enviava contrabando, principalmente dos cigarros fabricados no Paraguai, para outras localidades do País.

Segundo a PF, no curso das apurações, foram apreendidos R$ 144 milhões em contrabando, 155 veículos usados para transportar os cigarros ilegais e 75 pessoas foram presas.

No dia 15 de junho do ano passado, por exemplo, 11 carretas foram flagradas carregando 1 milhão de maços de cigarros em Ivinhema. Nove motoristas foram presos com a carga avaliada em R$ 10 milhões.

A operação foi batizada de Teçá, que no idioma guarani significa “estado de atenção”, segundo a PF, por causa a rede de olheiros e batedores que as quadrilhas de cigarreiros utilizam para monitorar a polícia e fugir da fiscalização.



Untitled Document
Últimas Notícias
Ministro da Educação empossa Elaine Cassiano reitora do IFMS
Governo envia plano de aplicação dos recursos do Fundersul 2020
Frota de veículos no MS cresce 8% nos últimos 3 anos
Untitled Document