Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2019
08 de JULHO de 2019 | Fonte: Ascom/IFMS

IFMS amplia atendimento a estudantes de baixa renda em 2018

Esse é um dos indicadores de ensino da instituição que apresentaram melhora no ano passado. Os dados estão disponibilizados no Relatório de Gestão 2018.

Com foco na missão de formar profissionais para o mundo do trabalho, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) apresentou melhora na maioria dos indicadores de ensino entre 2017 e 2018. É o que revelam os dados disponibilizados no Relatório de Gestão 2018, documento que também traz os resultados obtidos nas áreas da pesquisa e extensão.

 

A maior parte dos índices foi calculada com base nas informações disponibilizadas na Plataforma Nilo Peçanha (PNP), sistema que reúne dados e indicadores da Rede Federal de Educação Profissional, Cientifica e Tecnológica. 

 

"O aumento nos traz o desafio de dar uma atenção especial a esse estudante de baixa renda, o que inclui as ações de permanência e êxito para mantê-lo na instituição até a conclusão do curso, além da ampliação do atendimento na assistência estudantil", pontua o pró-reitor de Ensino, Delmir Felipe.

Um dos indicadores que mais chamam a atenção no Relatório é o que traz o Número de alunos matriculados por renda per capita familiar. No ano passado, 51% dos estudantes que responderam o questionário socioeconômico declararam renda per capita familiar de até 1,5 salário mínimo. Em 2017, esse percentual foi de 27,8%.

 

O pró-reitor de Ensino, Delmir Felipe, avalia que o dado, extremamente positivo, traz consigo alguns desafios.

 

"Esse aumento revela que o IFMS está no foco do público que deve, prioritariamente, atender. Por outro lado, nos traz o desafio de dar uma atenção especial a esse estudante de baixa renda, o que inclui as ações de permanência e êxito para mantê-lo na instituição até a conclusão do curso, além da ampliação do atendimento na assistência estudantil", pontua.



Untitled Document
Últimas Notícias
CCJ confirma aprovação de projeto sobre prisão após 2ª instância
Governo adia mudanças no MEI para 2021
Avião desaparece no Chile com 38 pessoas
Untitled Document