Untitled Document
SÁBADO, 24 DE AGOSTO DE 2019
09 de ABRIL de 2019 | Fonte: Globo Esporte

Com Vinicius, seleção brasileira apresenta a nova camisa branca

Uniforme foi principal do Brasil até vice da Copa de 1950. Versão será utilizada na estreia da Seleção na Copa América na Copa América, mas novo escudo só entra em 2020.
Foto: Divulgação/Nike

Com o atacante Vinicius Junior, do Real Madrid, como garoto-propaganda, a CBF lançou nesta terça-feira (09/04), no Rio de Janeiro, a nova camisa da seleção brasileira na cor branca. Esse uniforme era o principal do Brasil até o vice-campeonato da Copa do Mundo de 1950, que foi disputada no país. Segundo o novo presidente da entidade, Rogério Caboclo, a versão será utilizada na estreia da Seleção na Copa América, contra a Bolívia, no dia 14 de junho, no Morumbi.

 

O novo escudo, também apresentado nesta terça, só entrará nos uniformes em março de 2020, na primeira rodada das eliminatórias. A camisa de cor branca será o terceiro uniforme da seleção brasileira. Uma edição comemorativa do uniforme brasileiro.

 

A camisa principal ainda é a amarelinha, que também foi remodelada e faz referência à equipe de 1989, campeã da Copa América disputada no Brasil.

 

O segundo uniforme é o mesmo modelo apresentado em 2018, com um azul celestial e marca d'água em estampa de mosaico formada por estrelas que partem do escudo. Escolhido para apresentar a novidade, Vinicius Junior agradeceu a oportunidade.

 

"Primeiramente quero agradecer o carinho que vocês têm por mim, por me fazerem o convite de vestir essa camisa, que há muito tempo o Brasil não veste. Obrigado a todos. Tamo junto!", disse Vinicius.

 

O evento foi realizado no Museu da CBF, dentro da sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. E teve início após a posse do novo presidente da entidade, Rogério Caboclo. Vinicius Junior, que chegou a ser convocado por Tite para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, acabou cortado por conta de uma lesão no tornozelo direito.

 

A camisa branca deixou de ser usada como uniforme principal do Brasil definitivamente em 1954. Depois do vice-campeonato na Copa de 1950, a Seleção ainda conquistou o Pan-Americano de 1952 e disputou algumas partidas até aposentar de vez a cor. Em 2004, voltou a vestir a versão original em amistoso contra a França, em comemoração aos 100 anos da Fifa.

 

A versão branca é uma homenagem aos 100 anos do primeiro título conquistado pela seleção brasileira, no Sul-Americano de 1919. De acordo com Rogério Caboclo, os campeões daquela conquista serão lembrados na abertura da Copa América deste ano, quando o Brasil utilizará o novo uniforme.

 

– Temos orgulho de toda a nossa trajetória. A Seleção Brasileira é a maior de todos os tempos, com maior número de taças, vitórias e gols marcados na Copa do Mundo. Nossa camisa tornou-se símbolo de alegria, talento e liberdade e o time de 1919 faz parte dessa linda história – destacou Rogério.



Untitled Document
Últimas Notícias
Carretas carregadas com arroz são apreendidas com 5 toneladas de maconha em MS
Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional em cinco estados
Reinaldo Azambuja recebe homenagem e destaca importância do Poder Legislativo
Untitled Document