Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2019
12 de FEVEREIRO de 2019 | Fonte: Campo Grande News

Em 10 anos, MS é o estado com maior avanço na pavimentação de rodovias

Estudo mostra que em 2007 malha pavimentada era de 11,76% e passou para 23,2% em 2017
Rodovia MS-178, conhecida como Estrada do Curê (Foto: Edemir Rodrigues)

Mato Grosso do Sul é o estado com maior crescimento da malha pavimentada em rodovias, em 10 anos. É o que indica o estudo realizado pela consultora Macropan. Em 2007, a pavimentação representava 11,76% e passa para 23,2% em 201. A projeção do governo do estado é alcançar índice de 35% até 2022.

 

Segundo informações do governo do estado, entre 2015 e 2018, foram pavimentados 197,8 km de rodovias estaduais. Além disso, obras em andamento repreentam mais 185,8 km, a exemplo da MS-382, entre Bonito e Serra das Bodoquena (Baía das Garças), com acesso à Gruta do Lago Azul.

 

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) comenta que foram retomados 19 projetos de pavimentação asfáltica. As obras fazem parte do Programa Obras Inacabadas Zero. “Vamos ampliar a estrutura de pavimento em rodovias que atendem ao escoamento da produção, bem como ao turismo”, declarou o governador.

 

Para o governo do estado, um dos destaques é a pavimentação de 17 km da MS-178, conhecida como Estrada do Curê. Paralisada durante 12 anos, a rodovia se interliga à BR-267, e forma um corredor de ecoturismo desde Porto Murtinho, fronteira do Brasil com o Paraguai, ao Pantanal.

 

O programa estadual também concluiu 49,6 km de asfalto da MS-460. A Estrada da Água Fria, em Maracaju, é a integração da região com o tronco rodoviário federal. O trecho ainda atende o assentamento rural Santa Guilhermina.

 

Já na região de fronteira, 8 km das rodovias MS-165 e MS-386 foram pavimentados. As obras promoveram adequação do acesso aos municípios de Santa Puitã, Paranhos, Coronel Sapucaia e Aral Moreira. O asfalto melhora a logística de escoamento da produção agrícola local.

 

Melhorar o que já foi feito – Além de novas pavimentações, o governo também atua em restaurações de trechos já pavimentados. Foram 526 km restaurados com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário do Estado).

 

A administração estadual destaca os 74 km da MS-156 (Amambai-Caarapó), 66 km da MS-395 (Bataguassu-Brasilândia) e 65 km da MS-470/MS-274/MS-379/MS-156 e MS-470 (Cruzaltina-Macaúba-Panambi-Itaporã-Douradina). O governo também cita, entre 2015-2018, 5.200 km cascalhados de estradas estaduais.



Untitled Document
Últimas Notícias
Conselho Estadual de Agrotóxicos elabora plano para difusão do Manejo Integrado de Pragas em MS
Adolescente morre após ser agredido com enxada
Com faca, homem ameaça e rouba bolsa de mulher
Untitled Document