Untitled Document
QUINTA-FEIRA, 25 DE ABRIL DE 2019
01 de FEVEREIRO de 2019 | Fonte: Globo Esporte

Felipão x Carille: duelo entre Palmeiras e Corinthians opõe técnicos "reis dos clássicos"

Treinadores se enfrentam pela primeira vez no Dérbi deste sábado, na arena do Verdão

Entre os muitos atrativos do Dérbi deste sábado, um deles estará fora de campo. O clássico Palmeiras x Corinthians, às 17h, na arena do Verdão, marca o primeiro duelo entre os técnicos Felipão e Fábio Carille.

 

Separados por 25 anos de idade (Felipão tem 70 e Carille, 45), os treinadores têm métodos, temperamentos e trajetórias diferentes. Há, porém, um fator que os aproxima e enche de esperança os torcedores de Palmeiras e Corinthians: o bom retrospecto em clássicos.

 

O comandante alviverde está invicto diante dos rivais desde a sua volta ao Brasil, em julho do ano passado. Já o técnico corintiano ficou marcado em sua primeira passagem pelo Timão por se dar bem contra Palmeiras, Santos e São Paulo. Quem levará a melhor neste domingo?

 

A taça que falta

Ídolo palmeirense, Felipão voltou ao clube em 2018 para controlar um elenco com mais de 11 titulares e dar ao time mais espírito de decisão em grandes jogos. Deu certo, principalmente nos clássicos do Brasileirão do ano passado.

 

Com Scolari no banco de reservas, o Verdão venceu Corinthians, São Paulo e Santos e, com 100% de aproveitamento contra os rivais, deu grande passo para a conquista do título nacional.

Felipão venceu todos os clássicos que disputou desde a volta ao Palmeiras â?? Foto: Alex Silva / Estadão Conteúdo
Felipão venceu todos os clássicos que disputou desde a volta ao Palmeiras — Foto: Alex Silva / Estadão Conteúdo

Na prática, Felipão adotou a ideia do rodízio de titulares e ganhou a confiança do elenco. Em 2019, por exemplo, apenas Jean dos 25 inscritos no Paulistão não entrou em campo nas primeiras quatro rodadas do torneio estadual.

 

O Campeonato Paulista, aliás, ainda é um tabu para o treinador no Verdão: é uma das poucas competição não conquistadas por Scolari em suas três passagens pelo clube - ele já venceu Libertadores, Copa do Brasil, Copa Mercosul, Torneio Rio-São Paulo e Brasileirão.

 

Pela reabilitação nos clássicos

Carille ficou apenas seis meses no Al-Wehda, da Arábia Saudita, mas foi tempo suficiente para o torcedor corintiano sentir saudades e clamar pela volta dele.

 

Além de cair nas oitavas da Libertadores e brigar contra o rebaixamento no Brasileirão, o Timão viu o seu desempenho em clássicos despencar após a saída do treinador.

 

Carille disputou 19 jogos oficiais contra os rivais paulistas, tendo 12 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, aproveitamento de 70,1%. Sem ele, com Osmar Loss e Jair Ventura, o Timão disputou cinco clássicos e não ganhou nenhum: três derrotas e dois empates, 13,3% de aproveitamento.

Corinthians não venceu clássicos desde a saída de Fábio Carille, no meio do ano passado â?? Foto: Marcello Fim / Estadão Conteúdo
Corinthians não venceu clássicos desde a saída de Fábio Carille, no meio do ano passado — Foto: Marcello Fim / Estadão Conteúdo

Agora, o comandante alvinegro tenta não apenas retomar a força contra os rivais, mas também melhorar o desempenho da equipe em 2019. Ainda em busca de um time ideal, o Corinthians só venceu uma vez no ano, tendo também um empate e duas derrotas.

 

Em 2017, quando Carille iniciava a carreira como técnico, um Dérbi no Paulistão foi fundamental para ele e o Corinthians deslancharem. A história se repetirá desta vez?



Untitled Document
Últimas Notícias
Conselho Estadual de Agrotóxicos elabora plano para difusão do Manejo Integrado de Pragas em MS
Adolescente morre após ser agredido com enxada
Com faca, homem ameaça e rouba bolsa de mulher
Untitled Document