Untitled Document
QUARTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2018
04 de DEZEMBRO de 2018 | Fonte: Campo Grande News

Homem tem rosto desfigurado durante roubo de botijão

A vítima foi agredida a pauladas e teve vários traumas na cabeça, sendo três deles muito graves
No barraco, foram encontrados várias tábuas de madeira soltos e para fora da casa. (Foto: Henrique Kawaminami)

Claudio Pereira Lima, de 53 anos, foi agredido a pauladas na cabeça e ficou gravemente ferido na madrugada desta terça-feira (4). Da casa dele, um barraco na rua Antônio Batista Araújo, no bairro Bosque das Araras, em Campo Grande, apenas sum botijão de gás foi levado. Nenhum suspeito foi identificado.

 

Dentro da casa de Claudio, foi encontrado um caibro com pregos sujos de sangue e também marcas de sangue no local, além da falta do botijão de gás.

 

Segundo a auxiliar de saúde bucal de 34 anos, Fabiane de Oliveira Pereira, ela e o marido, sobrinho de Claudio, são vizinhos e acordaram assustados por volta das 2h ouvindo barulho de gente correndo. Quando foi até o portão de casa, encontrou Cláudio pedindo por ajuda, mas não conseguiram identificar porque ele estava todo ensanguentado e com o rosto inchado.

 

“É normal ele beber bastante, quase sempre está bêbado, mas por incrível que pareça ontem ele não tinha bebido. Pelo estado dele, devem ter sido várias pancadas e a gente acredita que ele tenha apanhado porque viu que tinha alguém em casa, mas não soube identificar quem”, disse.

 

A sobrinha disse ainda que Claudio estava bastante ferido com vários cortes pela cabeça. Seu esposo ainda foi até a casa depois do acontecido para ver se ainda tinha alguém ou algo que pudesse ser entregue a polícia, mas só sentiu falta do botijão de gás. “Nós não sabemos de nenhuma rixa dele, inclusive quem é do bairro e já está sabendo está muito sentido por ele”, completou.

 

A auxiliar de limpeza de 50 anos, irmã da vítima, imagina que tenha sido duas pessoas já que Claudio disse que "os caras bateram" nele. Ela ainda não o viu e informou que ele está na ala vermelha. 

 

Outra vizinha, técnica de enfermagem que não quis se identificar, contou que acordou no mesmo horário com o barulho dos cachorros na rua e ouvindo Cláudio pedir ajuda. “Eu vi ele todo machucado e entrei para trocar de roupa e sair para ajuda-lo, mas quando voltei ele já estava convulsionando e ele também tem epilepsia, então pode ter ajudado para piorar o caso”, disse.

 

Os vizinhos acionaram o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que o encaminharam para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), da Vila Almeida em estado grave. Devido aos ferimentos ele deve ser encaminhado para a Santa Casa ainda pela manhã. Cláudio está desfigurado, com o rosto muito inchado e com a cabeça toda enfaixada. Ele também está consciente, mas desorientado. 

 

A polícia foi até o local, mas ainda não encontrou nenhum suspeito.



Untitled Document
Últimas Notícias
Professora de Naviraí será homenageada nesta quarta em Brasília
TSE rejeita ação do PT para cassar Bolsonaro e Mourão
Copasul 40 anos - Grande evento reuniu cooperados e fundadores em Naviraí
Untitled Document